Século XVII a.C.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Século XVIII a.C. - Século XVII a.C. - Século XVI a.C.

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Desenvolvimento do alfabeto semítico setentrional, base de todos os alfabetos atuais.
Suposto túmulo de José, em Israel. De acordo com Gênesis, José pediu que seus ossos fossem levados de volta à Israel, quando o povo saísse do Egito
  • De acordo com James Ussher, em sua cronologia The Annals of the World:[1]
    • 1695 a.C. - Amenófis reina no Egito, por 30 anos e 10 meses (baseado em Manetão 1:103)
    • 1689 a.C. - Jacó, em seu leito de morte, adota Manassés e Efraim, filhos de José, como seus filhos.[2][3] Jacó abençoa seus filhos, prevê o que acontecerá nas próximas gerações e fala do Messias, morrendo aos 147 anos, tendo passado os últimos 17 no Egito.[4][5]
    • 1664 a.C. - Oro reina no Egito, por 36 anos e 5 meses (baseado em Manetão 1:103)
    • 1635 a.C. - José morre, no Egito, aos 110 anos de idade. A morte de José ocorreu no ano 2369 desde a criação do Mundo.
    • 1628 a.C. - Acencheres, filha de Oro, reina no Egito, por 12 anos e um mês (Manetão 1:103)
    • 1616 a.C. - Ratótis, irmão de Acencheres, reina no Egito, por 9 anos (Manetão 1:103)
    • 1615 a.C. - Etíopes, vindos do Rio Indo, se estabelecem nas fronteiras do Egito (baseado em Eusébio de Cesareia).
    • 1607 a.C. - Acencheres, filho de Ratótis, reina no Egito, por 12 anos e 5 meses (Manetão 1:103)

1697 a.C.[editar | editar código-fonte]

  • Governo de Sansiadade III, na Assíria (até 1683 a.C.).

Referências