Sacra Família do Tinguá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Sacra Família do Tinguá é o segundo distrito do município de Engenheiro Paulo de Frontin, no estado do Rio de Janeiro, Brasil.

Recoberto em boa porte pela Mata Atlântica nativa (o município é conhecido por ter aproximadamente 56% de seu território coberto pela floresta), abriga ainda diversas fazendas da época do ciclo do café.

A Igreja de Nossa Senhora da Conceição, localizada em Sacra Família do Tinguá, distrito de Engenheiro Paulo de Frontin, é conhecida como a igreja mais antiga da região, construída em 1715.
Igreja de Nossa Senhora da Conceição - Engenheiro Paulo de Frontin RJ

O povoado de Sacra Família do Tinguá foi elevado como Freguesia em 1750. À época, englobava terras que hoje são os Municípios de Vassouras, Mendes, Engenheiro Paulo de Frontin, Miguel Pereira e Paty do Alferes, onde todos eram subordinados eclesiasticamente à 1a igreja construída na região em 1715, em louvor à Nossa Senhora da Conceição.

Com a ascensão dos Barões do Café, Vassouras passou a ter importância estratégica, culminando por se tornar, no final do século XIX, sede administrativa da região englobando Sacra Família, Morro Azul e Rodeio (hoje Eng. Paulo de Frontin).

Em 1963, criou-se o Município de Engº Paulo de Frontin, constituído da sede e do Distrito de Sacra Família do Tinguá e Morro Azul.

Por fazer parte da região turística do Vale do Café, o distrito de Sacra Família do Tinguá costuma atrair muitos ciclistas que percorrem trilhas e estradas vicinais da região, afim de conhecer suas belezas naturais. Dentre essas estradas, está o antigo leito ferroviário do extinto Ramal de Jacutinga da Estrada de Ferro Central do Brasil, que atendeu a região entre os anos de 1914 e 1970 e do qual, se encontra uma réplica de sua antiga estação ferroviária.[1]

Referências

  1. «Sacra Família -- Estações Ferroviárias do Estado do Rio de Janeiro». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 12 de dezembro de 2020