Salão Internacional de Humor de Piracicaba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Salão Internacional de Humor de Piracicaba é um festival de humor gráfico realizado anualmente desde 1974 em Piracicaba, São Paulo. Inicialmente funcionava como um centro de resistência de artistas gráficos contra a ditadura militar no Brasil. Sua primeira exposição foi praticamente só com artistas colaboradores do lendário tablóide O Pasquim.

Desde seu segundo ano entretanto buscou convidar palestrantes e montar exposições com artistas de outros países como o francês Claude Moliterne em 75 e o mexicano radicado nos EUA Sergio Aragonés em 1976 a fim de dar destaque internacional ao evento. Com o passar dos anos ganhou em abrangência e relevância e desde meados dos anos 80, com a abertura política passou a ter cunho menos político e ao mesmo tempo ter forte e marcante participação estrangeira.

Hoje o evento é considerado o maior do mundo no gênero, fazendo com que Piracicaba fique conhecida como Capital Mundial do Humor, reúne a mostra oficial de trabalhos em cartum, charge, caricatura e tiras, e mostras paralelas, com exposições em vários espaços culturais da cidade.

A competição é dividida em quatro categorias neste salão de humor: cartum, charge, tiras e caricatura.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]