Sankofa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Símbolo adincra para sankofa

Sankofa é um ideograma presente no adinkra, conjunto de símbolos ideográficos dos povos acã, grupo linguístico da África Ocidental. Pode ser representado por um pássaro com a cabeça voltada para trás ou também por forma composta de duas voltas justpostas, espelhadas, formadas por volutas contíguas em sentidos opostos, resultando numa forma semelhante ao laserpício ("forma de coração").

Em sua etimologia, o termo sankofa pode ser traduzido literalmente como "volte e pegue" (san - voltar, retornar; ko - ir; fa - olhar, buscar e pegar).

Segundo Abdias do Nascimento, o conceito representado pela sankofa traduz-se por “retornar ao passado para ressignificar o presente e construir o futuro”.[1]

É frequentemente associada ao provérbio: “Se wo were fi na wosankofa a yenkyi," que se traduz por "Não é errado voltar atrás pelo que esqueceste" [2]

A sankofa aparece frequentemente na arte acã tradicional. É um dos símbolos mais difundidos do adinkra, sendo encontrado em joias modernas, mobiliário, esculturas e roupas.

No Brasil, é muito encontrada em artigos de ferro, tendo sido introduzida por escravos trazidos no período colonial.

Referências[editar | editar código-fonte]

The Adinkra dictionary: A visual primer on the language of Adinkra, W. Bruce Willis, Pyramid Complex (1998) ISBN 0-9661532-0-0

Referências

  1. Itaú Cultural. «Ocupação Abdias Nascimento - Sankofa». Itaú Cultural - Ocupação Abdias do Nascimento. Itaú Cultural. Consultado em 17 de agosto de 2020 
  2. The Spirituals Project at the University of Denver. «African Tradition, Proverbs, and Sankofa». Consultado em 19 de fevereiro de 2010. Arquivado do original em 20 de abril de 2011