Scat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre técnica de canto. Para o comportamento sexual, veja coprofilia.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2014).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ella Fitzgerald é geralmente considerada uma dos maiores cantores de scat da história do jazz.

Scat é uma técnica de canto criada por Louis Armstrong que consiste em cantar vocalizando tanto sem palavras, quanto com palavras sem sentido e sílabas (por exemplo: «la dum ba dum pa»), como usado por cantores de jazz, os quais criam o equivalente de um solo instrumental apenas usando a voz.

Scat é ainda a denominação de um instrumental vocal. Enquanto o uso de sílabas sem sentido durante o canto define scat, cantar scat é distinguido pelo fato que, em vez de usar sons para reproduzir exatamente uma linha melódica, improvisações são feitas com a melodia e com o ritmo, como em outras improvisações de jazz.[1] O vocalista da banda de Nu-Metal Korn, Jonathan Davis, é conhecido pelo uso recorrente da técnica em suas músicas. Outro músico que usava esta técnica foi o cantor conhecido por Scatman John, que fazia a peculiar e bem-sucedida mistura da técnica de scat singing com dance music.

Referências

  1. Ronaldo Evangelista (11 de outubro de 2007). «Roberta Gambarini traz seu jazz improvisado ao Tim Festival». Folha de S.Paulo. Consultado em 19 de março de 2014 


Ícone de esboço Este artigo sobre Jazz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.