Seleção Fijiana de Rugby League

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela seleção de rugby union, veja Seleção Fijiana de Rugby Union.
Fiji
Flag of Fiji.svg
Confederação Fiji National Rugby League
Apelido(s) Bati
Técnico Austrália Mick Potter
Primeiro jogo internacional
Flag of Samoa.svg Samoa Ocidental 32 - 18 Flag of Fiji.svg Fiji
(1992)
Maior vitória
Flag of Fiji.svg Fiji 54 - 6 Flag of the Cook Islands.svg Ilhas Cook
(1992)
Pior derrota
Flag of Australia.svg Austrália 84 - 14 Flag of Fiji.svg Fiji
(12 de julho de 1994)
Copa do Mundo
Aparições 5 (Primeira vez em 1995)
Melhor resultado Semifinal (2008, 2013 e 2017)
Bati na Copa do Mundo de Rugby League de 2008, onde foram semifinalistas.

A Seleção Fijiana de Rugby League é a equipe que representa Fiji no rugby league mundial. Seus jogadores são apelidados como Bati.

Em Fiji, o rugby league é um código de rugby menos popular que o rugby union, como na maior parte do mundo: apenas na Austrália, na Papua-Nova Guiné e no norte da Inglaterra ele é o código preferido em relação ao union. A estreia da seleção na Copa do Mundo de Rugby League veio na edição de 1995, que celebrou o centenário deste esporte.

Atualmente, sua equipe contém nomes estrelados da National Rugby League, o campeonato australiano da modalidade e o mais forte do mundo nela. Semifinalista nas Copas do Mundo de Rugby League de 2008 e 2013, Fiji está ao lado das tradicionais Austrália, Grã-Bretanha, Nova Zelândia (as campeãs), França, Inglaterra (vices), Papua-Nova Guiné (único país onde o rugby league é esporte nacional) e País de Gales como as seleções que já terminaram a Copa do Mundo nas quatro primeiras posições.

Em julho de 2014, foi anunciado que o país teria uma equipe na segunda divisão do campeonato australiano, com o objetivo de aumentar a popularidade do rugby league em Fiji e criar bases para uma futura inclusão na própria National Rugby League. Nem mesmo o rugby union, código mais popular entre os fijianos, teve uma conquista desse porte ainda.