Selenodonte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Em zoologia, chamam-se selenodontes aos mamíferos que têm dentes molares com cristas alongadas de esmalte em posição longitudinal (paralela à margem da língua), chamadas lofos entre as cúspides da coroa, uma aquisição evolutiva que lhes permite aumentar a capacidade de desfazer fibras duras. Muitos herbívoros como, por exemplo, o boi e os outros artiodátilos são selenodontes, em oposição aos perissodátilos, que desenvolveram lofos em posição transversal e são chamados lofodontes.

Os animais que não têm este desenvolvimento extra da coroa dentária, como o homem, o porco e outros omnívoros, são chamados bunodontes.

Como os dentes são estruturas que se conservam facilmente, as suas características são muito importantes para identificar fósseis, em paleontologia e arqueologia. Os diferentes tipos de dentes dão igualmente informação sobre a filogenia das espécies.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.