Shahbaz Bhatti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Shahbaz Bhatti (9 de setembro de 1968 - 2 de março de 2011) foi um político paquistanês.[1] Foi o primeiro ministro cristão no governo do Paquistão, sendo o responsável pelo

Shahbaz Bahtti

Ministério das Minorias do Paquistão, que representa os pequenos grupos religiosos do país: cristãos, hindus, sikhs, zoroastristas e outros. Shahbaz Bhatti era um crítico das leis de blasfêmias do país, alegando que são utilizadas para oprimir e perseguir as minorias religiosas. Após receber várias ameaças de morte, Bhatti foi assassinado por homens ligados ao grupo terrorista Talibã.[2]

Referências

  1. «Pakistani minister, a Christian, assassinated» (em inglês). 
  2. «Pakistan minister Shahbaz Bhatti shot dead in Islamabad». The Guardian. 2011-03-02. Consultado em 2016-06-22. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.