Shinagawa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Shinagawa (desambiguação).
Shinagawa

品川区 (Shinagawa-ku)

Rio Meguro em Ōsaki, Shinagawa
Rio Meguro em Ōsaki, Shinagawa
Bandeira de Shinagawa
Bandeira
Localização de Shinagawa
País  Japão
Prefeitura Tóquio
Área
 - Total 22 84 km²
População (1 de fevereiro de 2018)
 - Total 388 124
    • Densidade 16 993,16 hab./km²
Sítio city.shinagawa.tokyo.jp

Shinagawa (品川区, Shinagawa-ku?) é um dos 23 bairros especiais de Tóquio, no Japão.

Em 1 de fevereiro de 2018 tinha uma população em 388.124 habitantes divididos em 215.829 residências e uma densidade populacional de 16.993,16 habitantes/km². A área total é de 22.84 km².[1]

O bairro foi fundado a 15 de Março de 1947.

História[editar | editar código-fonte]

Shinagawa-juku na década de 1830, como retratada por Hiroshige

Os primeiros indícios de vida humana em Shinagawa datam do Período Jomon, há 6 ou 7 mil anos.[2]

No Período Edo, Shinagawa-juku foi a primeira shukuba (cidade postal) nas "53 Estações da Tōkaidō". Um viajante poderia chegar lá partindo de Nihonbashi na Estrada Tōkaidō de Edo para Kyoto. A função da cidade-postal é conservada até hoje com vários grandes hotéis próximos da estação de trem provendo mais de 6 mil quartos, a maior concentração de Tóquio. O Xogunato Tokugawa mantinha os terrenos de execução Suzugamori em Shinagawa[2]

A maior parte do leste de Tóquio a partir do Palácio Imperial é aterramento marítimo. Uma grande quantidade do aterramento aconteceu durante o Período Edo.[3] Seguindo a Restauração Meiji e a abolição do sistema han, a Prefeitura de Shinagawa foi instituída em 1869. A administração prefeitural foi planejada para ser instalada no Distrito de Ebara na atual Shinagawa. Em 1871, a Prefeitura de Shinagawa foi integrada na Prefeitura de Tóquio.

O bairro foi fundado em 15 de março de 1947 através da fusão administrativa do antigo Bairro de Ebara com o antigo Bairro de Shinagawa. Ambos os bairros foram criados em 1932, com a expansão das fronteiras municipais da Cidade de Tóquio após o Grande Terremoto de Kantō.[2]

A ferrovia de alta velocidade Tōkaidō Shinkansen começou a servir a Estação de Shinagawa em 2003.[4]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Vista de prédio da Ilha Tennōzu

Shinagawa possui planaltos e planícies naturais, bem como aterramentos marítimos. Os planaltos estão no extremo leste do Platô de Musashino. Eles incluem Shiba-Shirokanedai no norte do Rio Meguro, Megurodai entre os rios Meguro e Tachiai, e Ebaradai ao sul do Rio Tachiai.[5]

O bairro é banhado pela Baía de Tóquio. Faz fronteiras apenas com bairros especiais de Tóquio: Kōtō ao leste, Minato ao norte, Meguro ao oeste, e Ōta ao sul.[6]

Shinagawa possui cinco distritos:

  • Distrito de Shinagawa, incluindo a antiga Shinagawa-juku na Tōkaidō.
  • Distrito de Ōsaki.[7] (大崎), antes uma cidade com o mesmo nome, alonga-se da Estação de Ōsaki até as Estações de Gotanda e Meguro.
  • Distrito de Ebara[7] (荏原), antes uma cidade com o mesmo nome.
  • Distrito de Ōi[7] (大井), antes uma cidade com o mesmo nome.
  • Distrito de Yashio (八潮), consiste de aterramento marítimo, incluindo Higashiyashio em Odaiba.

Economia[editar | editar código-fonte]

Sede da Japan Airlines na Ilha Tennōzu, em Shinagawa

Muitas empresas possuem sua sede em Shinagawa. A Isuzu, uma fabricante de carros;[8] a JTB Corporation, uma grande agência de viagens;[9] a Nippon Light Metal, uma companhia de alumínio e produtos químicos;[10] a MOS Burger (na ThinkPark Tower, em Ōsaki);[11] a Lawson,[12] a Namco Bandai Holdings;[13] a Namco Bandai Games;[14] a Banpresto;[15] a Rakuten,[16] a Acura; a Toyo Seikan, uma fabricante de embalagens;[17] a NSK Ltd., uma fabricante de rolamentos;[18] a Fuji Electric;[19] a Imagica, uma empresa de pós-produção de mídia;[20] a Nippon Chemi-Con, uma fabricante de componentes eletrônicos,[21] a Pola Cosmetics,[22] e a Marza Animation Planet.[23]

A Japan Airlines (JAL), o escritório principal da sua subsidiária JAL Hotels, e os escritórios da JAL Express e da JALways estão localizados na área da Ilha Tennōzu.[24][25][25]

Governo e política[editar | editar código-fonte]

O prefeito de Shinagawa é Ken Hamano, um político independente, desde 2007. Há câmara municipal com 40 membros. O Partido Liberal Democrata e o Novo Komeito tem a maioria na câmara.[26]

Embaixadas[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

Ensino superior[editar | editar código-fonte]

Universidade Hoshi
  • Universidade Hoshi[37]
  • Universidade Rissho[38]
  • Universidade Seisen[39]
  • Universidade Showa[40]
  • Universidade de Cuidados da Saúde de Tóquio[41]
  • Universidade de Moda de Sugino[42]
  • Instituto Avançado de Tecnologia Industrial - pós-graduação[43]
  • Faculdade Metropolitana de Tóquio de Tecnologia Industrial[44]

Transportes[editar | editar código-fonte]

Principais estações[editar | editar código-fonte]

Estação de Ōimachi em Ōi, Shinagawa

Apesar do nome, a Estação de Shinagawa está localizada no bairro vizinho Minato.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

  • Via Expressa Shuto (Shutokō)[45]
    • Rota 1 "Haneda Sen"
    • Rota 2 "Meguro Sen"
    • Rota Bayshore "Wangan Sen"
    • Rota Central Circular "Chūō Kanjō Sen"
  • Rodovias nacionais
    • Japanese National Route Sign 0001.svg Rota Nacional do Japão 1 "Sakurada Dōri", "Dai-Ni Keihin"[46]
    • Japanese National Route Sign 0015.svg Rota Nacional do Japão 15 "Dai-Ichi Keihin"[46]
    • Japanese National Route Sign 0357.svg Rota Nacional do Japão 357 "Tokyo Wangan Dōro"[46]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikivoyage Guia turístico no Wikivoyage

Referências

  1. Cidade de Shinagawa. «Estatísticas de Shinagawa». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. 
  2. a b c Cidade de Shinagawa. «História e Tradição». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. 
  3. Japan Property Central. «Aterramentos marítimos no Japão (em Inglês)». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. 
  4. Japan Rail Pass. «Linhas da Tōkaidō (em Inglês)». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. 
  5. Cidade de Shinagawa. «Dados abertos (em Japonês)». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. 
  6. Onde Ficar em Sua Viagem. «Onde Ficar em Tóquio no Japão». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. 
  7. a b c Cidade de Shinagawa. «Mapa das estações no bairro». Consultado em 24 de fevereiro de 2018. 
  8. "Corporate Profile." Isuzu. Acessado em 25 de fevereiro de 2018.
  9. "Company Profile." JTB Corporation. Acessado em 25 de fevereiro de 2018.
  10. "Corporate Profile." Nippon Light metal. Acessado em 25 de fevereiro de 2018.
  11. "Corporate Profile." MOS Burger. Acessado em 25 de fevereiro de 2018. "Endereço da sede da 4F ThinkPark Tower, 2-1-1 Osaki, Shinagawa-ku, Tokyo 141-6004 JAPÃO" – Endereço em Japonês: "〒141-6004 東京都品川区大崎2-1-1 ThinkPark Tower 4階 "
  12. "Corporate Profile." Lawson. Acessado em 25 de fevereiro de 2018.
  13. "Corporate Data." Namco Bandai Holdings. Acessado em 25 de fevereiro de 2018.
  14. "Corporate Overview." Namco Bandai Games. Acessado em 25 de fevereiro de 2018.
  15. "Company Outline." Banpresto. Acessado em 25 de fevereiro de 2018.
  16. "Company Overview." Rakuten. Acessado 25 de fevereiro de 2018.
  17. "Company Profile." Toyo Seikan. Acessado 25 de fevereiro de 2018.
  18. "Corporate Data." NSK Ltd.. Acessado 25 de fevereiro de 2018.
  19. "Corporate Data." Fuji Electric. Acessado 25 de fevereiro de 2018.
  20. "Access." Imagica. Acessado 25 de fevereiro de 2018.
  21. "Offices and plants guide." Nippon Chemi-Con. Acessado 25 de fevereiro de 2018.
  22. "Corporate Outline." Pola Cosmetics. Acessado 25 de fevereiro de 2018.
  23. "Company Profile." Marza Animation Planet. Acessado 25 de fevereiro de 2018. "NYK Tennoz Bldg., 18F, 2-2-20, Higashi-Shinagawa, Shinagawa-ku, Tokyo, 140-0002 Japão"
  24. "Information & Reservations." Japan Airlines. Acessado 25 de fevereiro de 2018.
  25. a b "Company Profile." Japan Airlines. Acessado 25 de fevereiro de 2018.
  26. Cidade de Shinagawa. «Escritório do Bairro». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  27. 在日ベラルーシ共和国大使館. «「ベラルーシの風」在日ベラルーシ共和国大使館 (em Japonês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  28. Embaixada de Brunei em Tóquio. «Embassy Staff (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  29. Embaixada da Colômbia no Japão. «Embajada de Colombia en Japón (em Espanhol)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  30. Official KBRI Tokyo, Japan. «KBRI Tokyo - Official Embassy of Republic of Indonesia in Tokyo (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  31. Embaixada da República da Sérvia. «Embassy». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  32. Royal Thai Embassy, Tokyo. «Contact the Royal Thai Embassy». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  33. 在日大使館ポータルサイト. «マケドニア駐日大使館・総領事館». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  34. Embassy of the Islamic Republic of Mauritania - Tokyo. «Location of Mauritanian Embassy». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  35. Embassy of the Republic of the Union of Myanmar. «Welcome to the Myanmar Embassy, Tokyo». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  36. Zambia Embassy, Tokyo. «Welcome to the Zambia Embassy, Tokyo». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  37. Universidade Hoshi. «Página principal (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  38. Universidade Rissho. «Acesso e contato (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  39. Universidade Seisen. «Página principal (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  40. Universidade Showa. «Página principal (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  41. Universidade de Cuidados da Saúde de Tóquio. «Página principal (em Japonês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  42. Universidade de Moda de Sugino. «Contato (em Japonês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  43. Instituto Avançado de Tecnologia Industrial. «Contato (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  44. Tokyo Metropolitan College of Industrial Technology. «Tokyo Metropolitan College of Industrial Technology (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  45. Shuto Kōsoku Dōro. «Mapa (em Japonês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018. 
  46. a b c Ministério da Terra, Infraestrutura e Transporte. «Administração de Rodovias no Japão (em Inglês)» (PDF). Consultado em 25 de fevereiro de 2018.