Sibila da Normandia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sibila
Rainha Consorte da Escócia
Reinado 11071122
 
Cônjuge Alexandre I da Escócia
Casa Normanda (por nascimento)
Dunkeld (por casamento)
Nascimento 1092
  Domfront, Baixa Normandia, França
Morte 13 de julho de 1122 (30 anos)
  Kenmore, Pertshire, Escócia
Enterro Abadia de Dunfermline, Escócia
Pai Henrique I de Inglaterra
Mãe Sibila Corbet

Sibila da Normandia (em francês: Sibylle de Normandie; Domfront, 1092Kenmore, 12/13 de julho de 1122)[1] foi rainha consorte da Escócia como esposa de Alexandre I. Ela era a filha ilegítima do rei Henrique I de Inglaterra com sua amante Sibila Corbet de Alcester, esposa de Herbeto FitzHebert.

Família[editar | editar código-fonte]

Seu meio irmão era Guilherme Adelino, cuja morte no naufrágio do Barco Branco, levou a Inglaterra à A Anarquia. Era a neta de Guilherme, o Conquistador e Matilde de Flandres.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Por volta de 1107, ela se casou com o rei Alexandre I da Escócia, porém não tiveram nenhum filho. De acordo com o historiador Guilherme de Malmesbury, "havia algum defeito no jeito da dama e em sua elegância como pessoa", aparentemente denotando retardamento mental.

Ela morreu por motivos desconhecidos em 12 ou 13 de julho de 1122 em Kenmore e foi enterrada na Abadia de Dunfermline. O rei não mais se casou e fundou um priorado na ilha em sua memória.

Precedida por:
Margarida de Wessex
Rainha da Escócia
1107 - 1122
Sucedida por:
Matilde de Huntingdon

Referências