Siegfried Fischer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Siegfried Fischer
Nascimento 27 de novembro de 1918
Morte 26 de março de 1998
Nacionalidade alemão
Cargo Piloto na Luftwaffe
Serviço militar
Patente Oberfeldwebel

Siegfried Fischer (27 de Novembro de 1918 - 26 de Março de 1998, Rheinbach)[1] foi um piloto alemão da Luftwaffe durante a Segunda Guerra Mundial. Voou 713 missões de combate, nas quais abateu 15 aeronaves inimigas, o que fez dele um ás da aviação.[1] Destruiu também 80 tanques inimigos em apenas alguns meses no início de 1945, na Prússia Ocidental e na Pomerania. No dia 7 de Abril de 1945 ficou ferido em combate, quando o seu Fw 190 foi abatido por artilharia antiaérea. A 18 de Setembro de 1946 foi libertado pelos soviéticos.[2] Em 1951, e apesar de ter feridas de guerra (ao longo da sua carreira foi abatido 12 vezes),[1] ganhou a competição Goldenen Ski. Até à sua reforma, foi um funcionário florestal pelo Landwirtschaftministerium (Ministério da Agricultura).[3]

Referências

  1. a b c «World War 2 Awards.com - FISCHER, Siegfried». en.ww2awards.com. Consultado em 30 de janeiro de 2017 
  2. «Lexikon der Wehrmacht». www.lexikon-der-wehrmacht.de. Consultado em 30 de janeiro de 2017 
  3. «Luftwaffe Officer Career Summaries» (PDF). Abril de 2016. Consultado em 30 de janeiro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.