Skansen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mansão Skogaholm no Inverno

Skansen é um museu ao ar livre que inclui um jardim zoológico, situado na ilha de Djurgården em Estocolmo. Foi fundado em 1891 por Artur Hazelius com o objectivo de mostrar o modo de vida na Suécia durante os últimos séculos.[1] [2]

No século XIX a Suécia, como muitos outros países europeus, sofreu profundas mudanças. O seu modo de vida muito rural deu lugar a uma sociedade industrializada, fazendo com que muitos receassem que parte da história e das tradições nacionais se perdessem. Artur Hazelius, que antes tinha fundado o Museu Nórdico (Nordiska Museet) na ilha de Djurgården, perto do centro de Estocolmo, criou então o primeiro museu ao ar livre do mundo numa colina próxima. Skansen fez inicialmente parte do Nordiska Museet, mas autonomizou-se em 1963. Não obstante, os distintos objectos situados dentro dos edifícios de Skansen pertencem ao Nordiska Museet.

Skansen agrupa cerca de 150 construções procedentes de toda a Suécia, desmontadas e voltadas a montar, peça a peça, no seu lugar definitivo, dando uma visão global sobre a vida na Suécia, passando pelas pobres aldeias agrícolas às ricas residências da nobreza.

O museu apresenta também uma reprodução fidedigna de uma pequena cidade com as oficinas dos artesãos que trabalhavam o couro, a prata e o vidro. No parque do museu que se estende sobre uma área de 300 000 m2, encontra-se um extenso jardim zoológico que mostra uma grande variedade de espécies da Escandinávia e outras mais exóticas.

Um postal de Skansen (1900), colorido à mão

Desde 1903 o lugar mais popular do museu é, no início de Dezembro, um mercado de Natal que atrai milhares de visitantes por dia.

Referências

  1. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Skansen». Norstedts första svenska ordbok (em sueco) (Estocolmo: Norstedts ordbok). p. 563. ISBN 91-7227-186-8. 
  2. Ottosson, Mats; Åsa Ottosson (2008). «Skansen». Upplev Sverige. En guide till upplevelser i hela landet (em sueco) (Estocolmo: Wahlström Widstrand). p. 323. ISBN 9789146215998. 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Thaning, Olof (1983). «Skansen». Sverigeboken (em sueco) (Estocolmo: Det Bästa). p. 232-233. ISBN 91-7030-101-8. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Skansen