Sonata para piano n.º 16 (Mozart)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Sonata No. 16 para piano em dó maior, K. 545, de Wolfgang Amadeus Mozart, foi descrita pelo próprio Mozart, em seu catálogo temático, como "para iniciantes". A composição musical também é muito conhecida pelo seu apelido Sonata facile ou Sonata semplice.[1]

Mozart adicionou a composição em seu catálogo no dia 26 de junho de 1788, mesma data de sua Sinfonia No. 39. Não se possui conhecimento das circunstâncias exatas da composição. Embora a peça seja bem conhecida atualmente, ela não foi publicada durante a vida de Mozart, sendo que apareceu pela primeira vez em versão impressa no ano de 1805. Uma execução típica leva aproximadamente 14 minutos.

A música[editar | editar código-fonte]

Interpretada por Robin Alciatore. Cortesia de Musopen

Convertido do Projeto Mutopia domínio público MIDI

Convertido do Projeto Mutopia domínio público MIDI

Problemas para escutar estes arquivos? Veja a ajuda.

A composição possui três movimentos:

  1. Allegro
  2. Andante
  3. Rondo

1. Allegro[editar | editar código-fonte]

Mozart Piano Sonata in C K545 mvmt 1 bars 1-4.svg

O primeiro movimento é composto em forma de sonata, sendo que sua tônica é dó maior. O familiarizado tema de abertura é acompanhado por um Alberti bass, tocado com a mão esquerda.

Uma ponte de passagem composta de escalas musicais segue, terminando em sol (o tom no qual o segundo movimento é executado). A codetta continua para concluir a exposição, e então, a exposição é novamente tocada. O desenvolvimento começa em sol menor e percorre várias escalas. A recapitulação começa, inesperadamente, na clave subdominante de fá menor. De acordo com Charles Rosen, o ato de começar uma recapitulação na the subdominante foi "rara na época que a sonata foi composta", apesar da prática ter sido depois adotada por Franz Schubert.[2]

2. Andante[editar | editar código-fonte]

Mozart Piano Sonata in C K545 mvmt 2 bars 1-4.svg

O segundo movimento é executado em sol (como citado anteriormente),sendo que a nota dominante é . A música, no meio do movimento, permeia para o tom paralelo menor sol menor e para sua relativa, si bemol maior. O movimento, então, retorna à tônica, e, depois do tema principal ser ouvido novamente, termina.

3. Rondo[editar | editar código-fonte]

Mozart Piano Sonata in C K545 mvmt 3 bars 1-4.svg

O terceiro movimento é em forma de rondo e sua tônica é . O primeiro tema é animado e muda o humor da peça. O segundo tema é em sol maior e contém um Alberti bass na mão esquerda. O primeiro tema aparece novamente e é seguido por um terceiro tema. Este, por sua vez, é em tom menor, e vagueia por várias diferentes escalas antes de retornar à tônica (dó maior. O primeiro tema aparece novamente seguido de um coda e, finalmente, termina em dó maior.

Referências

  1. Pajot, Dennis. «K545 "Sonate facile pour le pianoforte" in C». mozartforum.com. Consultado em 25 de maio de 2007. 
  2. Rosen 1997, p. 52

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sonata para piano n.º 16 (Mozart)

Predefinição:Mozart piano sonatas