Musopen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Musopen
Requer pagamento? Freemium
Idioma(s) Inglês, francês, espanhol, português, alemão, russo, japonês e chinês
Lançamento 5 de março de 2005 (13 anos)
Posição no Alexa Aumento 85 857 (maio de 2016)[1]
Programador Aaron Dunn
Proprietário Musopen Inc.
Página oficial https://musopen.org/pt/

Musopen Inc. é uma organização sem fins lucrativos 501(c)(3), fundada por Aaron Dunn em 2005. Sua sede está localizada em Tarzana, na Califórnia, Estados Unidos. Tem como objetivo «difundir a música livre» a disponibilizar ao público de forma gratuita, sem restrições de direitos autorais.

Alguns conteúdos estão disponíveis de forma gratuita, com limitações e estão sujeitos a registo.

História[editar | editar código-fonte]

Musopen fornece uma biblioteca digital de gravações musicais e de partituras em domínio público. A organização também levanta dinheiro para financiar as gravações de música clássica, que são publicadas em domínio público.

Em 2008, Musopen lançou trinta e duas sonatas para piano de Beethoven em domínio público.[2]

Em 2010, o sítio organizou uma arrecadação de fundos através do Kickstarter para encomendar os registos de um repertório mais amplo,[3] levantando um total de 68 359 dólares, seis vezes mais que sua meta original de 11 000 dólares.[4] Em julho de 2012, Musopen anunciou que a edição das gravações foi concluída,[5] após os ficheiros de áudio terem sido carregados no seu sítio e no Internet Archive. A lista definitiva de música foi anunciada em agosto de 2012.[6]

Em setembro de 2013, uma nova angariação de fundos do Kickstarter foi lançada por Musopen para gravar as obras completas de Frédéric Chopin. A arrecadação de fundos foi bem-sucedida, superando a meta de financiamento de 75 000 dólares por mais de 15 000 dólares.[7] Todas as gravações para este projeto foram finalizadas e a edição foi concluída em abril de 2015.

Biblioteca musical digital[editar | editar código-fonte]

Musopen opera sob o modelo freemium, onde alguns conteúdos são disponibilizados de forma gratuita, mas as descargas premium requerem registo. As partituras estão disponíveis para descarga gratuita, e as gravações podem ser reproduzidas utilizando um reprodutor de média HTML5 ou Flash.

Referências

  1. «Musopen.org site info» (em inglês). Alexa Internet. Consultado em 25 de maio de 2016. 
  2. Anderson, Nate (22 de maio de 2008). «Musopen puts classical recordings, scores in public domain». Ars Technica (em inglês) 
  3. «Orchestra To Turn Copyright-Free Classical Scores Into Copyright-Free Music». Slashdot (em inglês). 12 de setembro de 2010 
  4. Dunn, Aaron. «Musopen: Record and release free music without copyrights.» (em inglês). Kickstarter. Consultado em 25 de maio de 2016. 
  5. Dunn, Aaron (13 de julho de 2012). «Done!» (em inglês). Kickstarter 
  6. Dunn, Aaron (15 de agosto de 2012). «Done and Done» (em inglês). Kickstarter 
  7. Dunn, Aaron. «Set Chopin Free» (em inglês). Kickstarter. Consultado em 25 de maio de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Musopen