Rede de fornecimento de conteúdo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde fevereiro de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

CDN, termo técnico, traduzido literalmente para o portugues como Rede de fornecimento, entrega e distribuição de conteúdo,[1] é um termo criado em fins da década de 1990 para descrever um sistema de computadores e redes interligados através da Internet, que cooperam de modo transparente para fornecer conteúdo (particularmente grandes conteúdos de mídia) a usuários finais. a Maioria dos CDNs atuais utilizam Anycast para distribuição e roteamento. Simplificando, CDN, é uma maneira de enviar conteúdo massivo para usuários sem ter problemas com performance.

No entanto, uma CDN moderna vai muito além de apenas redistribuir conteúdo. Novas tecnologias foram agregadas e estas redes atualmente oferecem também proteção contra ataques de hackers, spammers e ataques de DDoS, através de mecanismos chamados WAF (Web Application Firewall). As CDN atuais são também capazes de armazenar e redistribuir conteúdos dinâmicos (gerados por scripts), algo que as anteriores não conseguiam, pois só armazenavam conteúdos estáticos como códigos HTML e imagens.

Apesar de sua importância, essas redes ainda tem um uso discreto no Brasil, sendo majoritariamente utilizada por grandes websites [2]. Acredita-se, no entanto, que com o crescimento do número de CDNs atuando no Brasil (como CloudFlare, CloudFront, GoCache, Fastly e Sucuri) uma parcela maior de sites brasileiros, pequenos e médios, deverão adotar a tecnologia nos próximos anos.


Referências

  1. «CDNs - Content Delivery Networks - (ou Redes de Fornecimento de Conteúdos)». www.itnerante.com.br. Consultado em 25 de maio de 2017. 
  2. «Uso de CDN no Brasil». imasters.com.br. 30 de setembro de 2016. Consultado em 4 de outubro de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.