Apple TV+

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Apple TV+
Proprietário(s) Apple Inc.
Gênero Compartilhamento de vídeos
País de origem  Estados Unidos
Idioma(s) Vários
Lançamento 1 de Novembro 2019

Apple TV+ (pronuncia-se Apple TV Plus) é um futuro serviço de streaming de vídeo sob demanda anunciado pela Apple Inc. em 2019 durante o seu evento especial de 25 de março realizado no Steve Jobs Theater.[1][2] Várias grandes celebridades envolvidas com projetos do Apple TV+ apareceram no palco para o anúncio, incluindo Oprah Winfrey, Steven Spielberg e Jennifer Aniston.[3][4]

O conteúdo do Apple TV+ será visível através do aplicativo Apple TV, que deve ser acessível por diversos dispositivos eletrônicos de consumo, incluindo os concorrentes da Apple, durante 2019.[5][6][7] O Apple TV+, junto com o anunciado simultaneamente Apple TV Channels (serviço de vídeo agregado à la carte), faz parte do esforço da empresa para expandir sua receita de serviços, tornando conteúdo de vídeo distribuído mediante pagamento mensal disponível amplamente ao público.[5][8][9]

História[editar | editar código-fonte]

Em 25 de março de 2019, a Apple realizou um evento de imprensa para anunciar o Apple TV+. No evento, a Apple mostrou um teaser de seu futuro conteúdo original e anunciou formalmente parte de seu conteúdo com atores e produtores ligados ao mesmo presentes no evento. Além disso, foi anunciada a primeira série da organização Sesame Workshop (de Sesame Street), Helpsters, e Oprah Winfrey anunciou seus primeiros projetos para o Apple TV+, incluindo um documentário sobre assédio sexual no local de trabalho, uma série-documentário sobre saúde mental, assim como o relançamento do Oprah's Book Club.[10] [11] Em 10 de abril de 2019, o príncipe Harry, Duque de Sussex, anunciou no Instagram que estava trabalhando ao lado de Winfrey na série-documentário sobre saúde mental como co-criador e produtor executivo.[12] Também em abril de 2019, a Apple contratou Molly Thompson como chefe de documentários para sua unidade de vídeo mundial.[13]

Programação[editar | editar código-fonte]

Durante o anúncio do Apple TV+, a Apple anunciou uma série de nomes de escritores, diretores e estrelas em destaque que farão parte do serviço. Em março de 2019, cinco das próximas séries a serem lançadas já haviam completado produção, com mais seis já em fase de filmagem.[14]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]