Stellenbosch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Stellenbosch
StellenboschPleinStreet.jpg
Geografia
País
Província
Distritos municipais
Cape Winelands District Municipality (en)
Municípios locais
Stellenbosch Local Municipality (en)
Parte de
Capital de
Stellenbosch Local Municipality (en)
Área
8,24 km2
Altitude
136 m
Coordenadas
História
Fundação
Identificadores
Código postal
7600
7599
Prefixo telefônico
021
Website

Stellenbosch é a segunda colónia europeia mais antiga na África do Sul, após a Cidade do Cabo, e fica na Província do Cabo Ocidental. Está situada a cerca de 50 km da Cidade do Cabo, e no ano 2000 contava com cerca de 90 mil residentes com habitação formal, portanto sem contar estudantes e outras pessoas com habitação informal. Stellenbosch está a fundir-se rapidamente com as zonas urbanas circundantes. Conta com uma instituição de ensino superior, a Universidade de Stellenbosch, fundada como Stellenbosch Gymnasium a 1 de Março de 1866. Dentro da cidade fica ainda a Reserva da Natureza JS Marais, nomeada em honra do Professor JS Marais.

História[editar | editar código-fonte]

Igreja de Santa Maria, Stellenbosch

A cidade foi fundada em 1679 pelo Governador da Colónia do Cabo, Simon van der Stel, que lhe deu o nome — Stellenbosch significa "mato [bosch] de (van der) Stel". Está situada nas margens do Rio Eerste ("Primeiro Rio"), assim denominado por ser o primeiro rio a que se chega ao vir da Cidade do Cabo. A cidade cresceu tão rapidamente que se tornou independente em 1682, e sede de uma magistratura com jurisdição sobre 25.000 km² em 1685.

Logo que chegaram os primeiros colonos, particularmente os Huguenotes franceses, teve início a cultura da vinha nos vales férteis em torno de Stellenbosch, que rapidamente se tornou o centro da indústria vinícola sul-africana. Até há pouco tempo, a concentração de riqueza trazida por esta indústria fez com que a área tivesse um elevado coeficiente de Gini, embora esta situação esteja a mudar.

Vinho[editar | editar código-fonte]

Vinhas dos arredores de Stellenbosch

Os vales de Stellenbosch, Paarl e Franschoek formam a Região Vinícola do Cabo, a maior das duas regiões vinícolas da África do Sul. Stellenbosch é a principal localização para produção e investigação da indústria vinícola sul-africana, que produz anualmente cerca de dez milhões de hectolitros de vinho. A Rota dos Vinhos de Stellenbosch, estabelecida em 1971, tem fama mundial e constitui um destino turístico apreciado.

Tem um clima mediterrânico, com verões quentes, invernos suaves e céus azuis e limpos. Fica no sopé das montanhas da Dobra do Cabo, que desenvolveram um solo propício à vinha para produção vinícola.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Stellenbosch
Wikivoyage
O Wikivoyage possui o guia en:Stellenbosch