Tênis em cadeira de rodas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jogo de tênis em cadeira de rodas em duplas em Wimbledon

O tênis em cadeira de rodas é um esporte paraolímpico praticado por cadeirantes cuja deficiência seja a perda dos membros ou a incapacidade de utilizá-los para locomoção. Utiliza as mesmas quadras do tênis convencional utilizando as mesmas regras com pequenas adaptações.1

A maior diferença da regra adotada neste esporte é a que a bola pode quicar duas vezes antes de ser rebatida, podendo o segundo quique ocorrer fora das linhas da quadra. A mesma regra é válida para os saques, que podem ser realizados por outra pessoa se a deficiência do jogador impeça a realização deste. Durante o jogo o jogador não pode deixar o assento de sua cadeira de rodas, sendo ela considerada parte do corpo do jogador.2

O esporte foi criado por Jeff Minnenbraker e Brad Parks nos Estados Unidos em 1976, sendo o primeiro campeonato organizado no ano seguinte.1 Em 1981 foi fundada a WTPA (Wheelchair Tennis Player Association) para regular o novo esporte. Em 1981 foi incluído nas paraolimpíadas de Seul em caráter de exibição passando a valer medalhas a partir de 1992 em Barcelona.

No Brasil o pioneiro do esporte foi José Carlos Morais que o trouxe para o país em 1985, participando da delegação paraolímpica brasileira que representou o pais das paraolimpíadas de Atlanta em 1996.1

Referências

  1. a b c Comitê Paraolímpico Brasileiro - Tênis em Cadeira de Rodas acessado em 1 de março de 2008
  2. Tênis para Todos - Regras Básicas acessado em 1 de março de 2008

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre esporte/desporto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.