Tambú

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Tambu (ou tambú) é um tambor, gênero musical e estilo de dança, encontrado em Aruba, Bonaire e Curaçao, e é uma parte importante da música das Antilhas Holandesas.[1] Em Bonaire, também é conhecida como bari. O tambu de Curaçao é uma grande parte da cultura daquela ilha; é considerado muziek di zumbi (literalmente, música de espíritos, referência ao montamentu, religião de origem africana acompanhada pelo tambu) e é acompanhado de instrumentos como o wiri, o agan e o triângulo. A palavra tambu deriva do termo em espanhol/português "tambor".[2]

Tambu pode se referir ao pequeno tambor com o qual a música é tocada, a dança que acompanha a música, ou o evento onde a dança e a música acontecem. No tambu moderno, as letras são geralmente cantadas em papiamentu e são cantadas juntas de uma chapi (enxada) o tambor tambu e, as vezes, outros cantores, enquanto a audiência bate palmas com o ritmo. O ritmo é complexo e transmitido oralmente de geração à geração. Tambu consiste de duas batidas; sia habri e sia será, a aberta e a fechada, respectivamente. Essas batidas são alternadas para criar um diálogo. Adicionalmente, existem dois tipos de música tambu; telele, que é uma melodia lenta, crescente e decrescente, e a própria tambu, que é mais rápida e de duração mais curta.[3]

Referências

  1. Nettl, Bruno; Miller, Terry E.; Stone, Ruth M.; Williams, Sean; Porter, James; Rice, Timothy (1 de janeiro de 1998). The Garland Encyclopedia of World Music: Southeast Asia (em inglês). [S.l.]: Taylor & Francis. 994 páginas. ISBN 9780824060404 
  2. West, Alan (1 de janeiro de 2003). African Caribbeans: A Reference Guide (em inglês). [S.l.]: Greenwood Publishing Group. 150 páginas. ISBN 9780313312403 
  3. Brushaber, Susan; Greenberg, Arnold (1 de outubro de 2001). Aruba, Bonaire & Curacao Alive! (em inglês). [S.l.]: Hunter Publishing, Inc. 242 páginas. ISBN 9781588432599