Tavares da Gaita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tavares da Gaita
Nascimento 10 de março de 1925
Taquaritinga do Norte
Morte 8 de abril de 2009 (84 anos)
Caruaru
Cidadania Brasil
Ocupação percussionista, compositor
Causa da morte acidente vascular cerebral

José Tavares da Silva, mais conhecido como Tavares da Gaita (Taquaritinga do Norte, 10 de março de 1925Caruaru, 8 de abril de 2009) foi um compositor, percussionista, gaitista e desenhista brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Quando criança já participava de bandas de forró, tocando triângulo, reco-reco e ganzá. Trabalhou como alfaiate, sapateiro e marceneiro, mas teve contato com instrumentos musicais desde criança. Viveu a infância em sua cidade natal, fixando-se em Caruaru a partir de 1957.

Ficou conhecido como Tavares da Gaita na década de 1970, quando encontrou um "realejo" (realejo, na Região Nordeste do Brasil, significa uma gaita feita de folha-de-flandres) numa gaveta. Tornou-se um virtuose do instrumento, inventando uma maneira de tocar gaita invertida de modo que ela soasse como um acordeão. Trabalhou numa companhia de teatro mambembe e criou vários instrumentos para a função. Continuou fabricando seus instrumentos e vendendo-os inclusive para o exterior.

O músico morreu aos 84 anos por uma infecção generalizada, decorrente á um derrame cerebral sofrido no final de março.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Sanfonas de boca (2003)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]