Te Wahipounamu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pix.gif Te Wahipounamu - Sudoeste da Nova Zelândia *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Tasman Valley - Aoraki Mount Cook - Canterbury.jpg
Parque Nacional do Monte Cook
País  Nova Zelândia
Critérios (vii)(viii)(ix)(x)
Referência 551 en fr es
Coordenadas 45° 02′ 09,7″ S, 167° 19′ 10,6″ L(Ilha Sul, Nova Zelândia)
Histórico de inscrição
Inscrição 1990  (? sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

Te Wahipounamu (do maori: "lugar do jade") é um local inscrito na lista de Património Mundial, situado na Ilha Sul da Nova Zelândia.

Inscrito na lista de património mundial em 1990 e cobrindo 26.000 km², o sítio incorpora vários parques:

Contem alguns dos melhores exemplares da flora e fauna originais, existentes em Gondwana uma das razões pelas quais é um Património Mundial.

Patrimônio Mundial da UNESCO[editar | editar código-fonte]

­­­­­­­­­­O Te Wahipounamu foi adicionado à lista do Patrimônio Mundial da UNESCO em 1990. A Westland, o Parque Nacional Monte Cook e o Parque Nacional Fiorde estavam previamente inscritos na lista mas agora estão sob consideração sob o Te Wahipounamu, que cobre todas essas áreas.[1] Para ser inscrito na lista, o Te Wahipounamu atendeu a vários critérios. Ele contém muitos dos vários aspectos naturais que contribuem para a reputação da Nova Zelândia como um lugar com paisagens excepcionais. É considerado o melhor exemplo moderno de biota da Gonduanalandia e é portanto de importância global. Há um alto nível de geodiversidade e biodiversidade, e os habitats são amplamente não modificados. E finalmente, há uma extensa variedade de flora e fauna incomuns, que demonstram seu isolamento evolutivo.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Área protegida é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


  1. “Te Wahipounamu (South-West New Zealand World Heritage Area), New Zealand” (2008). The Encyclopedia of Earth.