Telanganá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Localização de Telanganá
charminar em Haiderabade

Haiderabade[1] (língua telugu: తెలంగాణ: Telangana) é uma região do estado indiano de Andra Pradexe que se encontra em processo de se tornar o 29º estado indiano. Seu nome significa « País de Telugo » e corresponde à área do antigo Estado de Haiderabade onde se fala o telugo. Está situada sobre o planalto do Decão a oeste dos Gates Orientais e compreendeu os distritos de Warangal, Adilabad, Khammam, Mahabubnagar, Nalgonda, Rangareddy, Karimnagar, Nizamabad, Medak e a capital Haiderabade. Os rios Krishna e Godavari atravessam a área de oeste para leste.[2]

Em 9 de dezembro de 2009, o Primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, anunciou para breve a separação de Telanganá de Andra Pradexe.[3]

História[editar | editar código-fonte]

A região Télanga já era mencionada no Mahabharata como o reino Telinga, onde se indica ser habitado por tribos chamadas Telavana que teriam combatido ao lado de Pandava quando da grande guerra do Mahabharata. O atual distrito de Warangal, onde os Pandavas viveram exilados (Lakkha Gruham) tem um local chamado Pandavula Guhalu.

Telanganá foi origem de diversas dinastias como os Sathavahana e os Kâkâtiya. Kotilingala em Karimnagar foi a primeira capital dos Sathavahanas antes de ser transferida para Daranicota. Tal fato foi revelado via escavações em Kotilingala que desenterraram moedas cunhadas por ordem de Simukha, imperador de Satavahana. Telanganá passou a ser controlada pelos muçulmanos no século XIV, sob o Sultanato de Delhi, depois sendo dominado pelos sultanatos de Bahmani e de Qutb Shahi e ainda pelo Império Mogol. Com a desintegração do Império Mongol iniciada nos primeiros anos do século XVIII, a dinastia muçulmana de Asaf Jah fundou um reino separado, o principado de Hyderabad. Mais tarde, Hyderabad assinou um tratado de aliança com o Império Britânico e se tornou o maior e mais habitado principado de toda a Índia. O Telanganá, entretanto, jamais esteve sob controle direto dos britânicos, ao contrário do que ocorreu Andhra litorânea a leste e em Rayalaseema ao sul, ambos parte de Andra Pradexe, que ficaram sob o domínio da Presidência de Madras no período da Índia Colonial.

Referências

  1. Paulo, Correia (Verão de 2020). «Toponímia da Índia — breve análise» (PDF). Bruxelas: a folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias. p. 4. ISSN 1830-7809. Consultado em 8 de outubro de 2020 
  2. «Administrative and Geographical Profile» (PDF). Telangana State Portal. Consultado em 14 de julho de 2014. Cópia arquivada em 14 de fevereiro de 2015 
  3. « Process of separation of Telangana from Andhra Pradesh will be initiated soon »