Tempestade tropical Erick (2007)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tempestade tropical Erick
Tempestade tropical  (EFSS)
Erick 01 aug 2007 1825Z.jpg
Tempestade tropical Erick aproximadamente às 18:25 UTC de 1º de agosto
Formação: 31 de julho de 2007
Dissipação: 2 de agosto de 2007
Vento mais forte (1 min): 35 nós (65 km/h, 40 mph)
Pressão mais baixa: 1004 hPa (mbar) ou 753 mmHg
Danos: nenhum
Fatalidades: nenhuma
Áreas afetadas: nenhuma
Parte da
Temporada de furacões no Pacífico de 2007

A tempestade tropical Erick foi o oitavo ciclone tropical da temporada de furacões no Pacífico de 2007, e o quinto a atingir status de tempestade tropical. Erick se originou de uma onda tropical que deixou a costa da África, viajando para o oeste, cruzando todo o Oceano Atlântico e chegando ao Pacífico sem qualquer desenvolvimento. A onda gerou um pequeno sistema de baixa pressão em 28 de julho, que amadureceu em uma depressão tropical mais tarde naquele dia, apesar de fortes ventos de cisalhamento na região. A depressão intensificou-se para tempestade tropical e recebeu o nome de "Erick" enquanto continuava sua trajetória para o oeste. No entanto, o cisalhamento impediu que a tempestade se intensificasse ainda mais e sua estrutura foi sendo desfeita ao longo de poucos dias. O ciclone enfraqueceu para o nível de depressão tropical e se degenerou, resultando, pouco depois, em um remanescente de baixa pressão. A tempestade sempre permaneceu longe de áreas costeiras e por isso nenhum tipo de prejuízo associado a Erick, seja danos materiais ou fatalidades, foi relatado.

História meteorológica[editar | editar código-fonte]

Em meados de julho de 2007, uma onda tropical surgiu a partir da costa da África e iniciou uma viagem em sentido oeste através do Oceano Atlântico. Em 22 de julho, a onda passou pelas Pequenas Antilhas com alguma atividade forte, porém desorganizada. A onda cruzou a América Central três dias depois e entrou na porção oriental do Oceano Pacífico, onde mais tarde deu origem a uma pequena área de baixa pressão. Os ventos de cisalhamento impediram o desenvolvimento de ciclones tropicais durante alguns dias, deixando a área de convecção atmosférica separada da de baixa. A convecção começou a se formar perto do centro da tempestade, e o sistema tornou-se suficientemente organizado para ser designado, em 31 de julho, de Depressão tropical Oito-E pelo Centro Nacional de Furacões de Miami. Neste momento, a depressão estava localizada a 1.700 km (1.060 milhas) a sudoeste da ponta sul do estado mexicano da Baja California.[1]

Trajetória da tempestade. Erick se moveu em sentido oeste, se afastando da costa mexicana.

A convecção permaneceu concentrada na borda ocidental da tempestade por causa do cisalhamento e da presença de ar seco.[2] Estimativas feitas pela técnica Dvorak mostraram que os ventos da tempestade tinham aumentado de velocidade, por isso a depressão foi "promovida" para uma tempestade tropical, e recebeu o nome "Erick" 12 horas mais tarde, às 00:00 UTC de 1º de agosto; ela se tornou assim a quinta tempestade nomeada da temporada de furacões do Pacífico de 2007.[3] [4] [5] No momento da sua elevação a tal categoria, a tempestade Erick atingiu o seu pico de ventos, com velocidades de 65 km/h (40 mph) e uma pressão central mínima de 1 004 mbar (hPa; 29,66 inHg).[1] O cisalhamento do vento não cedeu e o ciclone manteve uma estrutura desorganizada com a falta de recursos de bandas. Embora a posição exata do centro da circulação fosse difícil de se estabelecer, os meteorologistas estimaram que a tempestade estava seguindo para o oeste em torno de 17 km/h sob a direção de correntes de cume de nível médio situadas a norte do sistema.[6] Mais tarde, em 1º de agosto, o cisalhamento forte separou-se do centro da área de declínio da atividade convectiva, o que indica que a tempestade estava se deteriorando.[7] Enfraquecido, Erick voltou a ser designado como depressão tropical em 2 de agosto, apenas 24 horas depois de tornar-se uma tempestade tropical.[1] [8]

Tempestade tropical Erick em 1º de agosto.

O centro de baixo nível, em seguida, tornou-se alongado e mal definido;[9] a depressão continuou a se enfraquecer rapidamente, e se degenerou de volta ao status de onda tropical em 2 de agosto, a milhares de quilômetros de uma região costeira.[1] Um sistema de baixa pressão fraco formou-se ao longo da onda, mas não conseguiu se reorganizar num ciclone tropical, uma vez que entrou no norte do Pacífico Central.[1] Em 5 de agosto, os restos de nível baixo da tempestade tropical Erick passaram ao sul do Havaí sem causar nenhum efeito sobre o arquipélago.[10] O fenômeno se dissipou completamente em 8 de agosto. De acordo com o Tropical Cyclone Report, o Centro Nacional de Furacões considerou que tinha previsões vagas sobre a evolução de Erick. De fato, a tempestade se formou sem aviso significativo, e dissipou-se da mesma forma.[1]

Impacto[editar | editar código-fonte]

Em função do fato de Erick ter permanecido, de acordo com o meteorologista Richard Pasch, "muito longe de qualquer lugar", nenhum dano, prejuízo material ou fatalidade foram relatados. Além disso, nenhum navio relatou ventos com força de tempestade tropical associados ao fenômeno, e não houve emissão de alertas ou avisos de ciclones tropicais por parte de autoridades.[1] Ao longo de seu curso, Erick representava uma ameaça apenas para rotas de navegação.[11]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal:

Referências

  1. a b c d e f g Eric S. Blake (23/08/2007). Tropical Storm Erick Tropical Cyclone Report (PDF) (em inglês). National Hurricane Center. Página visitada em 06/09/2008.
  2. Avila (31/07/2007). Tropical Depression Eight-E Discussion Number 1 (em inglês). National Hurricane Center. Página visitada em 06/09/2008.
  3. Avila (01/08/2007). Tropical Storm Erick discussion #2 (em inglês). National Hurricane Center. Página visitada em 01/08/2007.
  4. Associated Press (01/08/2007). Tropical Storm Erick Forms In Pacific (em inglês). CBS News. Página visitada em 17/09/2008.
  5. Jonathan Tirone (01/08/2007). Tropical Storm Erick Forms in Pacific, West of Central America (em inglês). Bloomberg. Página visitada em 03/12/2008.
  6. Pasch (01/08/2007). Tropical Storm Erick Discussion Number 3 (em inglês). National Hurricane Center. Página visitada em 06/09/2008.
  7. Rhome (01/08/2007). Tropical Storm Erick Discussion Number 5 (em inglês). National Hurricane Center. Página visitada em 06/09/2008.
  8. Associated Press (08/02/2007). Tropical Storm Erick weakens far off Mexico's Pacific coast (em inglês). USA Today. Página visitada em 16/10/2011.
  9. Brown (02/08/2007). Tropical Storm Erick Discussion Number 5 (em inglês). National Hurricane Center. Página visitada em 06/09/2008.
  10. Honolulu National Weather Service (2007). August 2007 Precipitation Summary (em inglês). National Oceanic and Atmospheric Administration. Arquivado do original [ligação inativa] em 12/05/2008. Página visitada em 24/09/2008.
  11. Tropical Storm Erick Churns the Eastern Pacific (em inglês). Earthweek (29/06/2007). Página visitada em 15/04/2009.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tempestade tropical Erick (2007)
Este é um artigo destacado. Clique aqui para mais informações

Ciclones tropicais da Temporada de furacões no Pacífico de 2007
E
Escala de Furacões de Saffir-Simpson
DT TS TT 1 2 3 4 5