Terreiro Pilão de Prata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ilê Odó Ogé - Terreiro Pilão de Prata - Rua Tomás Gonzaga, nº 298, Boca do Rio Salvador - Bahia.

Tombado pelo IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia em 09/12/2004.[1]

O Terreiro Pilão de Prata foi instalado em 1963 pelo babalorixá pai Air José de Sousa, que permanece à frente da casa. O espaço possui axé de fundamento da nação Ketu, que teve origem nos ensinamentos do tataravô do babalorixá Air José, Bangboshê Obitikô. O terreiro foi enriquecido com diversos painéis e esculturas representativas de divindades do culto afro-baiano e tem filhos e filhas de santos espalhadas por todo o país. Também foi visitado por Pierre Fatumbi Verger, que era frequentador do Opô Afonjá e posteriormente , visitado pelo Fatumbi Marcelo Lima, no episódio do seu tombamento[2]

Referências

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.