The Colbert Report

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Stephen Colbert, apresentador do programa desde 2005.

O Colbert Report foi um programa de televisão semanal estadunidense. É um programa derivado do The Daily Show, que critica política e os meios de comunicação social.[1]

O espetáculo centra-se em Stephen Colbert, uma personagem fictícia interpretada pelo próprio Colbert. Ele descreve a personagem como um "bem-intencionado e mal-informado idiota de alto status"; trata-se de uma caricatura dos peritos televisivos de política.[2]

O programa estreou em outubro de 2005 e foi bem recebido pelos críticos e começou a ganhar audiência rapidamente.[3] Em 2006, durante o Jantar dos Correspondentes na Casa Branca, Colbert foi chamado para falar e, frente ao presidente George W. Bush e proeminentes figuras do seu governo, ele criticou a administração do país e brincou sobre os fracassos do governo. A controvérsia da apresentação ajudou a popularizar o show.[4] Com o passar dos anos, o programa se firmou como um dos mais assistidos do Comedy Central, ganhando incontáveis prêmios e atraindo diversos convidados, como celebridades e políticos.[5]

O episódio final foi ao ar em 18 de dezembro de 2014. Contando com a participação especial de vários convidados, incluindo Jon Stewart, o episódio foi bem recebido pela crítica e contou com uma audiência de 2,481 milhões de espectadores, a melhor marca do programa.[6] [7]

Referências

  1. The Colbert Report Web site
  2. Rabin, Nathan. "Stephen Colbert interview", The A.V. Club, The Onion, 25 de janeiro de 2006. Página visitada em 13 de janeiro de 2013.
  3. "Laugh, and the Voters Laugh With You, or at Least at You". Página acessada em 27 de maio de 2015.
  4. "Throw the Truthiness Bums Out". Página acessada em 27 de maio de 2015.
  5. "Colbert brings real wit to mock punditry". Página acessada em 27 de maio de 2015.
  6. "What you’ll see on the last week of ‘The Colbert Report’". Página acessada em 27 de maio de 2015.
  7. "'Colbert Report' says goodbye with record ratings". Página acessada em 27 de maio de 2015.