The Ladder

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Ladder
Álbum de estúdio de Yes
Lançamento 20 de setembro de 1999
Gravação fevereiro-maio de 1999
Gênero(s) Rock progressivo
Duração 37:47
Gravadora(s) Eagle Records
Beyond Music
Produção Bruce Fairbairn
Cronologia de Yes
Open Your Eyes
(1997)
Magnification
(2001)

The Ladder é o décimo-oitavo álbum de estúdio do Yes, lançado em 1999. É o único álbum do grupo com seis músicos.

História[editar | editar código-fonte]

Seguindo a orientação do último projeto do guitarrista/tecladista Billy Sherwood, o Yes decidiu trazer um produtor de fora, Bruce Fairbairn, para dar a música o benefício de ouvidos objetivos. No momento em que a banda tinha se debandado para Vancouver, Canadá para gravar The Ladder, Igor Khoroshev tinha se tornado o tecladista oficial do grupo, com Sherwood relegado para funções de guitarra junto com Steve Howe.

Embora as sessões saíssem com sucesso, com todos os envolvidos muito satisfeitos com os resultados finais, o projeto terminou com a morte repentina de Fairbairn em maio de 1999. Fairbairn morreu, de acordo com Chris Squire, pouco antes da conclusão dos vocais finais e mixagem em The Ladder. O Yes posteriormente dedicou o álbum para seu produtor falecido após seu lançamento em setembro.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
allmusic 3 de 5 estrelas.[1]
The Daily Vault B−[2]
Progressiveworld (favorável)[3]

Em simultâneo com o lançamento do álbum, o Yes licenciou o uso de "Homeworld (The Ladder)" para uso como tema dos créditos de encerramento do jogo de PC da Sierra Studios Homeworld, da qual uma pré-visualização digital foi incluída com The Ladder. A re-edição incluída no box set de 2006 Essentially Yes também inclui essa visualização.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Colocado como um "retorno à forma", The Ladder geralmente agradou a maioria de seus ouvintes e fãs do Yes de longa data, performando ligeiramente melhor do que Open Your Eyes por alcançar o No. 36 no Reino Unido e o No. 99 nos Estados Unidos.

Informação das canções[editar | editar código-fonte]

"Homeworld (The Ladder)" faz referências ao título de trabalho para Talk, History of the Future.

A faixa "Lightning Strikes" empresta da abertura o solo de flauta da canção "Phenomenal Cat" de The Kinks, do álbum The Kinks Are the Village Green Preservation Society' '. A canção também referências "The Revealing Science of God (Dance of the Dawn)" de Tales from Topographic Oceans e "Endless Dream" de Talk.

"Can I?" cita a composição de Anderson de 1971 "We Have Heaven" de Fragile.

"Face to Face" faz referências "Lift Me Up" do Union.

"The Messenger" é um tributo a Bob Marley.

"New Language" é baseado em uma jam das sessões do álbum Open Your Eyes. A faixa de apoio do solo de guitarra também faz referência à linha de baixo de "Roundabout" de Fragile.

"Nine Voices (Longwalker)" faz referência a "Your Move" de The Yes Album.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as músicas por Jon Anderson, Steve Howe, Billy Sherwood, Chris Squire, Alan White e Igor Khoroshev. Todas as letras por Anderson.

  1. Homeworld (The Ladder) - 9:32
  2. It Will Be a Good Day (The River) - 4:54
  3. Lightning Strikes - 4:35
  4. Can I? - 1:32
  5. Face to Face - 5:02
  6. If Only You Knew - 5:43
  7. To Be Alive (Hep Yadda) - 5:07
  8. Finally - 6:02
  9. The Messenger - 5:13
  10. New Language - 9:19
  11. Nine Voices (Longwalker) - 3:21

Faixas bônus do Japão[editar | editar código-fonte]

  1. I've Seen All Good People - Live in Los Angeles 1997
  2. And You and I - Live in Los Angeles 1997

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Os créditos são adaptados das notas do encarte do álbum.

Yes
Músicos adicionais
Produção
  • Bruce Fairbairn - produtor
  • Mike Plotnikoff - engenheiro, mixagem
  • Paul Silveira - segundo engenheiro
  • George Marino - masterização no Sterling Sound Studios, em Nova York em junho de 1999
  • Steve Hennessy - suporte técnico de guitarras e teclados
  • Chris Crippen - suporte técnico de bateria
  • Drew Arnott - suporte técnico de teclado
  • Chin Injeti - suporte técnico de teclado
  • Roger Dean - pintura, logotipo e rotulação
  • Martyn Dean - design

Referências

  1. Adams, Brat (2011). «The Ladder – Yes | AllMusic». allmusic.com. Consultado em 25 de julho de 2011 
  2. Warburg, Jason (2011). «The Daily Vault Music Reviews : The Ladder». dailyvault.com. Consultado em 25 de julho de 2011 
  3. Sollow, S. (2011). «PROGRESSIVEWORLD.NET: REVIEWS BY STEPHANIE SOLLOW». web.archive.org. Consultado em 25 de julho de 2011. Arquivado do original em 30 de janeiro de 2009