The New Grove Dictionary of Opera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

The New Grove Dictionary of Opera ("O Novo Dicionário Grove da Ópera", em inglês) é uma enciclopédia da ópera, considerada uma das melhores fontes de referências gerais sobre o assunto. É a maior obra sobre o gênero musical em inglês, e em sua forma impressa chega a 5.448 páginas, em quatro volumes.

Publicada pela primeira vez em 1992, foi editada por Stanley Sadie, com contribuições de mais de 1.300 estudiosos. Possui 11.000 artigos, no total, cobrindo mais de 2.900 compositores e 1.800 óperas. Contém também diversos apêndices, que incluem um índice de nomes de personagens, lista de incipit das árias, conjuntos musicais e peças operísticas.

Está disponível online, juntamente com o The New Grove Dictionary of Music and Musicians.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • William Salaman 'Review: The New Grove Dictionary of Opera', British Journal of Music Education (1999), 16: 97-110 Cambridge University Press [1]
  • John Simon, Review: The New Grove Dictionary of Opera, 4 vols., National Review, April 26, 1993 [2]
  • Linda B. Fairtile, 'Review: The New Grove Dictionary of Music Online', Journal of the American Musicological Society, Vol. 56, No. 3 (Autumn, 2003), pp. 748-754 [3]
  • Neal Zaslaw, 'Review: The New Grove Dictionary of Opera", The Musical Quarterly, 1994 78 (1):149-158
  • Charles Rosen, 'Review: The New Grove Dictionary of Opera', The New York Review of Books, Volume 40, Number 8, April 22, 1993 [4]
  • Bernard Holland, 'Grove Opera Dictionary Can Make Experts Of Dilettante and Pro', The New York Times, January 2, 1993 [5]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]