Timoma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Timoma
Um timoma mixto (linfocítico e epitelial) encapsulado.
Classificação e recursos externos
CID-10 C37, D15.0
CID-9 164.0, 212.6
ICD-O: 8580
DiseasesDB 13067
MedlinePlus 001086
eMedicine med/2752 med/3448 ped/2246
MeSH D013945

Timoma é um tumor incomum originado a partir das células epiteliais do timo. Um terço dos timomas estão associados a doenças autoimunes, sendo encontrado em 20 a 30% dos pacientes com miastenia gravis. Normalmente é benigno, de crescimento lento e está contido por um cápsula, podendo ser extraído cirurgicamente. [1] [2]

Epidemiologia[editar | editar código-fonte]

Homens e mulheres são igualmente afetados por timomas. A idade média ao momento do diagnóstico é 52 anos, aparecendo com mais frequência entre 40 e 50 anos e permanecendo sem sintomas por muitos anos[3] , porém cerca de 10 a 20% afetam crianças. Em pacientes mais jovem ocorre maior perda de imunidade após a remoção cirúrgica do timo.[4]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Nas fases iniciais (I e II) a cirurgia para remover o tumor encapsulado é suficiente e a sobrevivência em 5 anos é de 90%. Se o tumor é invasivo e grande, quimioterapia (Com ciclofosfamida, doxorrubicina e cisplatina) e/ou radioterapia pode ser usada primeiro para diminuir o tamanho e facilitar sua extração cirúrgica. [4]

Referências

  1. Thomas CR, Wright CD, Loehrer PJ (1999). «Thymoma: state of the art». J. Clin. Oncol. [S.l.: s.n.] 17 (7): 2280–9. PMID 10561285. 
  2. Mitchell, Richard Sheppard; Kumar, Vinay; Robbins, Stanley L.; Abbas, Abul K.; Fausto, Nelson (2007). Robbins basic pathology Saunders/Elsevier [S.l.] ISBN 1-4160-2973-7. 
  3. http://emedicine.medscape.com/article/193809-overview#a7
  4. a b Thomas CR, Wright CD, Loehrer PJ (1999). "Thymoma: state of the art". J. Clin. Oncol. 17 (7): 2280–9. PMID 10561285.