Tommaso da Modena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2015)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Alberto Magno O.P, por Tommaso da Modena, em 1352.

Tommaso da Modena, também conhecido como Tommaso Baffini (1326 – 1379) foi um pintor italiano da metade do século XIV.

Tommaso estudou em Veneza e trabalhou principalmente no norte da Itália, bem como na corte do Imperador Carlos IV do Luxemburgo, em Praga. No Castelo de Karlstein, há duas obras atribuídas a ele: um Ecce Homo e uma Madonna.

Seus trabalhos mais importantes foram realizados em Treviso. Em 1352 foi encomendado a ele um ciclo de afrescos que retratavam 40 eruditos Dominicanos, incluindo Papas, Cardeais, teólogos e filósofos. A obra está em no antigo convento dominicano de San Nicolo, em Treviso. Entre outros, o ciclo retrata o Cardeal Annibale Annibaldi, São Tomás de Aquino, o Cardeal Hugues Aycelin de Billom, o Cardeal Latino Malabranca Orsini, bem como Alberto Magno e o Cardeal Hugo de Saint-Cher (o retrato mais antigo de uma pessoa usando óculos).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tommaso da Modena
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.