Tosco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade. Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Tosco (do latim vulgar tŭscus, no sentido de 'dissoluto, vil'[1]) refere-se, originalmente, aos moradores de Vicus Tuscus, bairro etrusco de Roma [2].

Durante um certo período, os etruscos lutaram contra Roma. Como eram externos ao Império Romano, foram considerados bárbaros. Não tardou para a criação de uma palavra para designá-los (tŭscus). A significação mais usual da palavra 'tosco' (rude, malfeito, grosseiro, mal acabado) vem desse contexto histórico. O termo gerou algumas derivações relacionadas a esse olhar romano sobre aquilo que é rude ou malfeito.

Entre os anos 295 a.C. e 300 a.C., graças a uma lei romana que designava todos os itálicos como romanos, os etruscos foram absorvidos pelo Império. Até hoje alguns aspectos de sua cultura como sua religião, língua e técnicas de cerâmicas continuam a ser pesquisados.

A palavra 'tosco' também foi usada, na língua italiana literária, como sinônimo de toscano (habitante de Toscana). [3] Atualmente, em italiano, o termo designa aquilo que é proveniente do sul da Albânia, ao sul do rio Shkumbî.[4]

Referências

  1. BUENO, 1974
  2. Dicionário Houaiss
  3. Vocabolario Treccani: tosco
  4. Vocabolario Treccani: tosco

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BUENO, Silveira. Dicionário de Língua Portuguesa. Brasília. 1974


Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.