Totò, Eva e il pennello proibito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, cine e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Totò, Eva e il pennello proibito
Louis de Funès e Abbe Lane em uma cena do filme
 Itália, Flag of Spain.svg Espanha,  França
1959 •  pb •  90 min 
Realização Steno
Argumento Vittorio Metz, Roberto Gianviti
Elenco Totò, Abbe Lane, Louis de Funès
Género comédia
Idioma italiano

Totò, Eva e il pennello proibito é um filme hispano-franco-italiano[1] de 1959, dirigido por Steno.[2]

Estreou em Portugal a 14 de Agosto de 1960.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Eva (Abbe Lane) e Raoul (Mario Carotenuto), com o seu cúmplice Josè (José Guardiola), preparam um golpe a uma milionária americana. O plano consiste em encomendar ao italiano Totò Scorceletti, uma cópia do quadro Maja Desnuda, mas juntando-lhe uma camisa de noite, e atriui-la, graças à complacência do professor Montiel (Louis de Funès), a Goya de forma fraudulenta. Eva, para vencer a resitência de Scorceletti (que se recusa a vestir a Maja Desnuda), promete que será sua se ele pintar a camisa de noite, o que o faz aceitar de boa fé. Não sabe ele que a intenção do grupo é vender várias versões do quadro.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme do cinema italiano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.