Tratado de Paz de Moscou

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o tratado que pôs fim à Guerra de Continuação em 1944, veja Armistício de Moscou.
Áreas cedidas pela Finlândia à União Soviética

O Tratado de Paz de Moscou(Brasil)/Tratado de Paz de Moscovo (Portugal) foi uma acordo assinado pela Finlândia e pela União Soviética em 12 de março de 1940 e foi ratificado em 21 de março.[1] Marcando o fim de 105 dias da Guerra de Inverno, o tratado cedeu partes da Finlândia à União Soviética. No entanto, foi preservada a independência finlandesa, acabando com a tentativa soviética de anexar o país. O tratado foi assinado por Viatcheslav Molotov, Andrey Zhdanov e Aleksandr Vasilevsky para União Soviética, e Risto Ryti, Carl Mannerheim, Rudolf Walden e Väinö Voionmaa para a Finlândia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.