Ulla Schmidt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ulla Schmidt

Ulla Schmidt (Aachen, 13 de junho de 1949) é uma política alemã, filiada ao SPD. É, actualmente, a ministra da Saúde da Alemanha.[1]

É psicóloga e professora de escola secundária de profissão. É divorciada, tem um filho.

Em 2009, ela criticou as declarações feitas pelo Papa Bento XVI, que afirmou que o uso do preservativo promoveria AIDS.[1]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.