Umburatiba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Umburatiba
"Barra de Umburana"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 30 de dezembro de 1962
Gentílico umburatibense
Prefeito(a) Laurizete Soares dos Santos Vital (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Umburatiba
Localização de Umburatiba em Minas Gerais
Umburatiba está localizado em: Brasil
Umburatiba
Localização de Umburatiba no Brasil
17° 15' 21" S 40° 34' 22" O17° 15' 21" S 40° 34' 22" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Vale do Mucuri IBGE/2008 [1]
Microrregião Nanuque IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Machacalis, Bertópolis, Carlos Chagas, Itanhém, Medeiros Neto
Distância até a capital 673 km
Características geográficas
Área 404,892 km² [2]
População 2 700 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 6,67 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,618 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 17 356,273 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 6 092,06 IBGE/2008[5]
Página oficial

Umburatiba é um município brasileiro do estado de Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

O apelido do comerciante José Rodrigues de Oliveira, Gangás, inspirou o primeiro nome desse município do Nordeste Mineiro, cujas origens estão ligadas ao arrojado plano de colonização da região realizado por Teófilo Otoni que buscava para Minas uma saída para o mar. De 1913, quando surgiu como povoado, até sua emancipação, o Comercinho dos Gangás se firmou como importante centro pecuarista, com seus rebanhos de bovinos, asininos e eqüinos. Como várias cidades da região do Vale do Mucuri, a origem histórica de Umburatiba está ligada às expedições colonizadoras promovidas pela Companhia do Mucuri, de Teófilo Benedito Otoni. Inicialmente situada no município de Teófilo Otoni, Umburatiba era conhecida como Comercinho dos Gangás, apelido de José Rodrigues de Oliveira, proprietário de um estabelecimento comercial no local. Junto ao mesmo, sabe-se que o comerciante construiu, em 1921, uma capela sob invocação de São Sebastião. Com a criação do município de Águas Belas, atualmente Águas Formosas, em 1938, Comercinho dos Gangás passa a chamar-se Umburanas, desligando-se de Teófilo Otoni e integrando-se ao novo município, como distrito. Em 1943, Umburanas passa a chamar-se Umburatiba e, em 1962, desmembra-se de Águas Formosas, passando à condição de município. Tem uma área de 368,5 km², em relevo quase todo ondulado e montanhoso. É banhado pelos rios Umburanas e Itanhém, ambos pertencentes a bacia do rio Mucuri. Sua população, de acordo com o censo de 2010 (IBGE) sua população é constituída de 2705 habitantes, sendo 1.399 homens e 1306 mulheres. Esta distante 683 km de Belo Horizonte, tendo acesso pelas rodovias BR-381, BR-116, MG-409, MG-105.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2010 era de 2.705 habitantes.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.