União Desportiva de Rio Maior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
UD Rio Maior
Nome União Desportiva de Rio Maior
Fundação 1 de Setembro de 1945
Extinção 2010
Estádio Complexo Desportivo de Rio Maior, RMR1.png Rio Maior
Capacidade 12000
Presidente Portugal Albano Mota
Treinador Portugal Paulo Torres
Competição III Divisão Série E 2008/2009
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A União Desportiva de Rio Maior foi um clube de futebol português, localizado na cidade de Rio Maior, distrito de Santarém. Em 2010 o clube desportivo foi extinto.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Nº Presenças Títulos
Temporadas na 1ª 0
Temporadas na 2ª 0
Temporadas na 2ªB 4
Temporadas na 3ª 16
Taça de Portugal -
Taça da Liga 0

Classificações[editar | editar código-fonte]

Escalão 00/01 01/02 02/03 03/04 04/05 05/06 06/07 07/08 08/09
Liga Sagres - - - - - - - - -
Liga Vitalis - - - - - - - - -
II Divisão - - - - - - - - -
III Divisão - - - - - - - - -
1º Escalão Dist. - - - - - - - - -

História[editar | editar código-fonte]

O Clube teve o seu nascimento em 1 de Setembro de 1945 com o nome de Clube Futebol “Os Mineiros” tendo a sua Primeira sede na Casa onde mais tarde veio a Habitar o Sr. Dr. Sequeira Aguiar. O nome foi influenciado por haver nesse tempo vários simpatizantes do Clube de Futebol “Os Belenenses”. Mudou mais tarde para o Prédio do Sr. Joaquim Varela – nessa época tinha atletas como Cláudio, Tavares, Serrenho, Ninfra, Acácio, Mário Estrela e outros… houve no entanto outros como Geada que chegou a ser o Atleta mais popular do Distrito tendo chegado naquela época à 2ª Divisão Nacional.

Em 25 de Agosto de 1976 deixou de se chamar “Os Mineiros” para adoptar o nome de União Desportiva de Rio Maior, tendo como seu Presidente Manuel Duarte Francisco. Iniciou a sua recuperação na época 1974/75, tendo sido Campeão Distrital da 2ª Divisão, para em 1977/78 subir à 3ª Divisão Nacional, chegando duas épocas mais tarde, em 1980/81, à 2ª Divisão Nacional (na 1ª época comandada pelo Sr. Professor Jesualdo Ferreira).

Após alguns anos nos nacionais voltou a descer aos Distritais, voltando novamente na época de 2002/03 à 3ª Divisão Nacional, sob orientação do Sr. Paulo Leitão. Após 2 épocas subiu para a 2ª Divisão Nacional, treinado pelo Sr. António Pereira.

Em 2006, Treinado pelo Sr. João Sousa em Seniores e em Juniores pelo Sr. Mauro Pulquerio.

Actualidade[editar | editar código-fonte]

O seu actual director desportivo é Eduardo Rosa. A equipa disputa na época de 2008-2009, a III Divisão Série E.

A equipa de futebol União Desportiva de Rio Maior efectua os seus jogos em casa no Estádio Municipal de Rio Maior.

O clube usa as cores azul e branco.
Em 22 de Maio de 2009 o plantel do Rio Maior entra em greve de fome para chamar à atenção para a situação de salários em atraso neste clube da III Divisão.[2] O clube é referenciado por ter salários em atraso pelos media, e é através do seu capitão, Bruno Militão, que informa a causa dos seus protestos e a reacção de todo o plantel sénior entrar em greve e não comparecer ao jogo contra o Sintrense, tendo a direcção recorrido à equipa juniores para a não punição da União de Rio Maior. Os 21 jogadores da União desportiva de Rio Maior suspendem em 24 de Maio de 2009 a greve de fome e vão rescindir os vínculos por terem seis meses de ordenados em atraso.[3] Em declarações à TSF, o porta-voz da comissão administrativa da União Desportiva de Rio Maior, Eduardo Rosa, afirmou que: «Vamos tentar por todos os meios comparecer aos jogos com a equipa de juniores, se não nos for possível provavelmente o clube vai fechar portas».[4]
Paulo Torres pode deixar o clube no fim da época 2008-2009, segundo é anunciado pela Maior.TV.

Plantel sénior 2013/2014[editar | editar código-fonte]

dados relativos da página do ZeroZero.pt

Guarda-redes
1 Portugal Fabio Silva
12 Portugal Hugo Amaral
Defesas
3 Portugal Pedro Henriques
4 Portugal Miguel Piedade
5 Cabo Verde Dimas
11 Portugal Chison Leonard
15 Portugal David Cruz
18 Portugal Joel Costa
22 Portugal Mauro Pulquerio
23 Portugal Jose Antonio
Médios
8 Portugal Bruno Santos
13 Portugal Sergio Silva
17 Portugal Magnus Orelaja
19 Portugal Nuno Morgado
Avançados
2 Portugal Rogerio Turquato
6 Portugal Jefffery Bailey
7 Portugal Tiago Patricio
9 Portugal Ricardo
14 Portugal David
10 Portugal Joao Sabino
Treinador
Portugal Vitor Alexandre


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de PortugalSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol portugueses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

O presidente na altura da subida de divisão era Joaquim Faustino de Barros e o treinador António Canário e o vice presidente Zé da Sarel se bem me recordo. O presidente nascido em 3 de março de 1938 e o seu falecimento em 1 de Junho de 2018.