Velório

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Velório é um tradicional encontro ou celebração dos parentes e amigos de um falecido nas horas que se seguem à sua morte e antes do sepultamento ou cremação do corpo.[1]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Por tradição, o velório se realiza com o falecido “de corpo presente”, na mesma sala ou em anexo quando se realiza na sua casa; Embora, no Ocidente superlotado, avanços e leis tenham feito com que o velório desde o final do século XX fosse geralmente realizado na funerária que possuísse quartos preparados para esses casos, ou ainda no sanatório, hospital ou instituição de host correspondente. Dependendo da confissão religiosa do falecido e de sua família, as orações e cerimônias correspondentes são realizadas. Embora a tendência para o laicismo tenha significado que esses tipos de manifestações, antes dramáticas e ocasionalmente suntuosas, foram consideravelmente reduzidas a uma reunião de luto pela “última despedida” da pessoa falecida.[2]

Quando o falecido é uma personalidade ou muito popular, são realizados velórios públicos, como nos funerais de Estado.

Na história da pintura[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Entre velas, flores y rezos» [Entre velas, flores e orações]. Artigo da revista Desde el campus da Universidade de Piura (em espanhol). Consultado em 26 de novembro de 2020. Arquivado do original em 30 de maio de 2011 
  2. «Velar al difunto. El velatorio. Cómo actuar. Dónde se vela» [Velar o falecido. O velório. Como atuar. Onde se vela]. protocolo.org (em espanhol). Consultado em 26 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 24 de novembro de 2009 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Velório
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Velório
Ícone de esboço Este artigo sobre a morte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.