Viktoria Mullova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Viktoria Mullova (Moscovo, 27 de Novembro de 1959 - ) é uma violinista russa.

É conhecida por suas performances e gravações de concertos para violino, composições de J.S. Bach, e suas interpretações inovadoras de composições de jazz de Miles Davis, Duke Ellington, The Beatles, entre outros.

Mullova nasceu em Zhukovsky, perto de Moscovo, na Rússia.1 Depois de estudar na Escola Central de Música de Moscovo e no Conservatório de Moscovo sob Leonid Kogan, ganhou o primeiro prêmio no Concurso International Jean Sibelius 1980 de Violino em Helsínquia e a Medalha de Ouro no Concurso Internacional Tchaikovsky em 1982. Em 1983 fugiu da Rússia, através da Suécia, e obteve cidadania americana. 2

Mullova fez várias gravações, incluindo seu primeiro lançamento do Tchaikovsky e Jean Sibelius concertos para violino, que foi premiado com o Grand Prix du Disque da Academia Charles Cros.

Ela formou o Mullova Chamber Ensemble em meados da década de 1990. O conjunto fêz atuações em Itália, Alemanha e Holanda e gravou os concertos para violino de Bach para a editora Philips Classics. Foi nomeada para um Grammy Award em 1995 por sua gravação de Partitas de Bach, e ganhou um prêmio Echo Klassik 1995. A sua carreira internacional como solista incluiu performances com a Royal Concertgebouw Orchestra, a Philharmonia, a Vienna Symphony, a Montreal Symphony Orchestra, a San Francisco Symphony e a Bavarian Radio Symphony Orchestra. Mullova toca com o 'Jules Falk Stradivarius de 1723 um violino feito por Giovanni Battista Guadagnini.

Mullova atualmente mora em Holland Park, Londres, Inglaterra com o marido, o violoncelista Matthew Cevada e três filhos: Misha, de seu relacionamento com Claudio Abbado, Katia, de seu relacionamento com Alan Brind, e Nadia, de seu casamento com Cevada.3 4

Discografia selecionada[editar | editar código-fonte]

  • Beethoven Violin Sonatas Nos. 3, 9 (Onyx 4050). With Kristian Bezuidenhou; 2010
  • JS Bach Sonatas & Partitas for violin solo (Onyx 4040); 2009
  • JS Bach Sonatas for violin and harpsichord (Onyx 4020). With Ottavio Dantone; 2007
  • Vivaldi 5 violin concertos (Onyx 4001). With Il Giardino Armonico; 2005
  • Beethoven and Mendelssohn Violin Concertos (Philips, 473 872-2). With Orchestre Révolutionnaire et Romantique/John Eliot Gardiner; 2003
  • Mozart: Violin Concertos Nos. 1, 3-4 (Philips, 470 292). With Orchestra of the Age of Enlightenment; 2002
  • Through the Looking Glass (Philips, 464 184-2). With Matthew Barley and Between the Notes; 2000
  • Bartók and Stravinsky Violin Concertos (Philips, 456 542-2). With Los Angeles Philharmonic Orchestra/Esa-Pekka Salonen; 1997
  • Brahms Violin Sonatas (Philips, 446 709-2). With pianist Piotr Anderszewski; 1997

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. John Woodford. (2001). "Through the Looking Glass with Viktoria Mullova". MusicTeachers.co.uk Online Journal 2 (8).
  2. [1] Iltalehti: Viktoria Mullova loikkauksestaan: Vihdoin voin lopettaa valehtelemisen 2008-09-13
  3. Ian Phillips. "Reflections to Mullova", The Evening Standard, 7 July 2000. Página visitada em 2007-08-30.
  4. Tim Ashley. "And this one's by the Bee Gees", The Guardian, 2 February 2001. Página visitada em 2007-08-30.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]