Vimmerby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Suécia Vimmerby

Pequena cidade
Sede de Município

 
  Cidade  
Estação ferroviária de Vimmerby
Estação ferroviária de Vimmerby
Província Småland vapen.svg Småland
Condado Kalmar län vapen.svg Kalmar
Comuna Vimmerby vapen.svg Vimmerby
Área
 - Metro 6,79 km²
População (2018)
 - Total 8 306

Vimmerby ou Vemária[carece de fontes?] (em latim: Vemmaria ou Wemmaria) (1400) é uma cidade sueca na província histórica da Småland, localizada a 50 km a sudoeste da cidade de Västervik. Tem 8 306 habitantes (2018), e é sede do município de Vimmerby, pertencente ao condado de Kalmar. [1] [2] [3] [4] [5]

Etimologia e uso[editar | editar código-fonte]

O nome geográfico Vimmerby deriva da palavra vimla (rio sinuoso), uma referência ao rio Stångån, que passa na proximidade da atual cidade. A localidade está mencionada como "Wymarby", em 1331, e Vimarby, em 1354 [6] [7] Em textos em português, a cidade está mencionada pela forma original Vimmerby. [8] [9] [10]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade de Vimmerby é o ponto de cruzamento das estradas nacionais 40 e 34. É igualmente atravessada pela linha férrea do rio Stångån (Stångådalsbanan). Fica a 20 km do aeroporto de Hultsfred. [11] [12] [13]

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia de Vimmerby está dominada pelo turismo e pela indústria manufatureira. O parque temático ”Mundo de Astrid Lindgren” atrai centenas de milhares de visitantes anualmente. A atividade industrial tradicional está concentrada na produção de produtos de madeira, de produtos metalo-mecânicos e no fabrico de cerveja. [14] [15]

Referências

  1. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Vimmerby». Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok. p. 749. 793 páginas. ISBN 91-7227-186-8 
  2. Anders Jönsson. «Vimmerby» (em norueguês). Store norske leksikon (Grande Enciclopédia Norueguesa). Consultado em 18 de setembro de 2019 
  3. «Vimmerby» (em sueco). Nationalencyklopedin (Enciclopédia Nacional Sueca). Consultado em 17 de outubro de 2019 
  4. Harlén, Hans; Eivy Harlén (2003). «Vimmerby». Sverige från A till Ö [A Suécia de A a Ö]. Geografisk-historisk uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Kommentus. p. 510. 583 páginas. ISBN 91-7345-139-8 
  5. «Tätorter». Instituto Nacional de Estatística da Suécia (Statistiska centralbyrån). Tätorter 2015 – befolkning 2015–2018, landareal, andel som överlappas av fritidshusområden. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  6. Wahlberg, Mats (2003). «Vimmerby». Svenskt ortnamnslexikon (Dicionário dos nomes das localidades suecas) (em sueco). Uppsala: Språk- och folkminnesinstitutet e Institutionen för nordiska språk vid Uppsala universitet. p. 350. 422 páginas. ISBN 91-7229-020-X 
  7. Pamp, Bengt (1988). «Städernas namn (Nomes das cidades)». Ortnamnen i Sverige (Nomes de localidades da Suécia) (em sueco). Lund: Studentlitteratur. p. 71. 199 páginas. ISBN 91-44-01535-6 
  8. Miriam Kaehler; et al. (2014). «Plantas Vasculares do Paraná». Universidade Federal do Paraná. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  9. Sílvia Quinteiro e Rita Baleiro. «As tradicionais casas algarvias na literatura: contributo para odesenvolvimento do turismo arquitetónico na região». Universidade de Lisboa e Universidade do Algarve. Consultado em 17 de outubro de 2019. o parque temático Mundo de Astrid Lindgren (Astrid Lindgrens Värld), em Vimmerby, Suécia 
  10. Mateus Tomás Anselmo Gonçalves e Nivea Dias dos Santos. «CAMPOS DE ALTITUDE DO PARQUE NACIONAL DO ITATIAIA:UM HOTSPOT PARA BRIÓFITAS». Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Consultado em 17 de outubro de 2019. Per Karl Hjalmar Dusén (1855–1926) nasceu em Vimmerby, Suécia, e foi engenheiro civil, botânico e explorador (Santos 2016) 
  11. «Sverigekartor». Bila med barn (em sueco). Estocolmo: Liber. 2005. 53 páginas. ISBN 47-80144-1 
  12. «Stångådalsbanan/Tjustbanan» (em sueco). Trafikverket (Direção Geral do Tráfego). Consultado em 17 de outubro de 2019 
  13. «Hultsfreds airport» (em sueco). Hultsfred Airport AB. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  14. Ottosson, Mats; Åsa Ottosson (2008). «Vimmerby och Astrid Lingrens Småland». Upplev Sverige (Conheça a Suécia). En guide till upplevelser i hela landet (em sueco). Estocolmo: Wahlström Widstrand. p. 299. 527 páginas. ISBN 9789146215998 
  15. «Vimmerby». Norstedts uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts. 2007-2008. p. 1419. 1488 páginas. ISBN 9789113017136 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]