Províncias da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Províncias históricas da Suécia hoje

Até 1634, a Suécia estava subdividida em 25 províncias (SUECO landskap). Estas províncias históricas, foram então substituídas como unidades administrativas pelos condados (SUECO län).[1][2]

Importância atual das províncias históricas[editar | editar código-fonte]

Atualmente, as províncias históricas não possuem funções administrativas, nem significado político. Porém, permanece o legado histórico e o meio de identificação cultural, com suas tradições mantidas pelas autoridades atuais. As províncias históricas estão diariamente presentes nos mais variados contextos, como por exemplo em nomes de jornais, em nomes de empresas, e em nomes de instituições políticas e sindicais.[3]

Na escola sueca, a geografia da Suécia é estudada província por província. [4]

Na monarquia sueca, as províncias históricas suecas continuam a ter funções simbólicas: os monarcas suecos continuarem a conceder aos príncipes e princesas reais os títulos honoríficos de duques e duquesas de algumas províncias tradicionais. O próprio rei Carlos XVI foi, quando era príncipe, "duque da Jemtlândia", o príncipe Carlos Filipe é "duque da Varmlândia", a princesa Madelena é "duquesa da Helsíngia e Gestrícia", a princesa real Vitória é "duquesa da Gotalândia Ocidental", e a princesa Lilian era duquesa da Halland.[5]

Províncias históricas e condados[editar | editar código-fonte]


Em alguns casos, os condados atuais correspondem quase que exatamente às províncias históricas.

- O Condado de Dalarna e a Província histórica de Dalarna têm contornos praticamente coincidentes.
- O Condado de Blekinge é idêntico à Província histórica de Blekinge.
- A Gotlândia é ao mesmo tempo uma província histórica, um condado e até uma comuna.

Em outros casos, os territórios não correspondem, o que aumenta a importância cultural das províncias.

-O Condado de Gävleborg é constituído pelas antigas províncias históricas de Helsíngia e Gestrícia.
- O Condado de Kalmar é constituído pela parte oriental da província da Småland e pela ilha de Olândia.

Enquanto os condados estão sujeitos a mudanças, como é o caso de Estocolmo, da Gotalândia Ocidental e da Escânia, as províncias históricas mantêm suas fronteiras históricas desde 1634.

As províncias suecas em 1560
Províncias da Suécia de 1658 a 1809

Regiões históricas da Suécia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Regiões históricas da Suécia

As 25 províncias históricas da Suécia estão agrupadas em 3 grandes regiões históricas (SUECO landsdel):

Lista das províncias históricas da Suécia[editar | editar código-fonte]

Abaixo relação de províncias históricas por região:

Província histórica Região histórica Cidades principais
Ångermanland vapen.svg Ångermanland Norlândia Härnösand
Blekinge vapen.svg Blekinge Gotalândia Karlskrona
Bohuslän vapen.svg Bohuslän Gotalândia Kungälv, Uddevalla
Dalarna vapen.svg Dalarna Svealândia Falun
Dalsland vapen.svg Dalslândia Gotalândia Åmål
Skåne vapen.svg Escânia Gotalândia Malmö, Lund
Gästrikland vapen.svg Gästrikland Norlândia Gävle
Västergötland vapen.svg Gotalândia Ocidental Gotalândia Gotemburgo, Skara
Östergötland vapen.svg Gotalândia Oriental Gotalândia Linköping
Gotland vapen.svg Gotlândia Gotalândia Visby
Halland vapen.svg Halândia Gotalândia Halmstad
Hälsingland vapen.svg Hälsingland Norlândia Söderhamn
Härjedalen vapen.svg Härjedalen Norlândia
Jämtland vapen.svg Jämtland Norlândia Östersund
Lappland vapen.svg Lapónia Norlândia Kiruna
Medelpad vapen.svg Medelpad Norlândia Sundsvall
Närke vapen.svg Närke Svealândia Örebro
Norrbotten vapen.svg Norrbotten Norlândia Luleå
Öland vapen.svg Olândia Gotalândia Borgholm
Småland vapen.svg Småland Gotalândia Jönköping, Kalmar, Växjö
Södermanland vapen.svg Södermanland Svealândia Nyköping, Estocolmo, Strängnäs
Uppland vapen.svg Uplândia Svealândia Estocolmo, Uppsala
Värmland vapen.svg Varmlândia Svealândia Karlstad
Västerbotten vapen.svg Västerbotten Norlândia Umeå
Västmanland vapen.svg Västmanland Svealândia Västerås

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Tacitus.nu» (em sueco). Sveriges landskap. Consultado em 25 de junho de 2012. 
  2. Magnusson, Thomas; Peter A. Sjögren (2004). «Landskapen». Vad varje svensk bör veta (O que todos os suecos devem saber) (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB. p. 212. 654 páginas. ISBN 91-0-010680-1 
  3. Magnusson, Thomas; Peter A. Sjögren (2004). «Landskapen». Vad varje svensk bör veta (O que todos os suecos devem saber) (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB. p. 212. 654 páginas. ISBN 91-0-010680-1 
  4. Rydstedt, Bjarne; Georg Andersson, Torsten Bladh, Per Olof Köhler, Karl-Gustaf Thorén, Mona Larsson (1987). Land och liv 1 (em sueco). Estocolmo: Natur och kultur. 216 páginas. ISBN 91-27-62563-X 
  5. «Tacitus.nu» (em sueco). Sveriges hertigar. Consultado em 25 de junho de 2012.