Halmstad

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Suécia Halmstad

Halmostádio

 
  Cidade  
Biblioteca
Biblioteca
Símbolos
Brasão de armas de Halmstad
Brasão de armas
Localização
Halmstad está localizado em: Suécia
Halmstad
Localização de Halmstad
Coordenadas 56° 39' N 12° 54' E
Região Gotalândia
Província Halland
Condado Halland
Comuna Halmstad
Características geográficas
Área total 36,5 km²
População total (2018) 69 419 hab.
Densidade 1 901,9 hab./km²
Website www.halmstad.se

Halmstad (em sueco: Halmstad; pronúncia /ˈhâlmsta(d)/; Nuvola apps arts.svg ouça a pronúncia) ou Halmostádio[a] (em latim: Halmostadium) é uma cidade e porto da Costa Oeste da Suécia situada na região de Gotalândia, província da Halland, condado da Halland e comuna de Halmstad, às quais atua como sede. Compreende 36,5 quilômetros quadrados e segundo censo de 2018, havia 69 419. Portuária, está na margem leste do estreito de Categate, na foz do Nissan.[1][2][3][4]

Etimologia e uso[editar | editar código-fonte]

O nome geográfico Halmstad deriva das palavras halm (sítio com juncos) e sta(d) (sítio). A cidade está mencionada como Halmstæde, em 1241. [5]

Em textos em português costuma ser usada a forma original Halmstad. [6]

História[editar | editar código-fonte]

Há vestígios de uma povoação permanente no século XIII, no local da Halmstad primitiva. Em 1307, recebeu o seu "título de cidade" (privilegiebrev). Em 1320, foi deslocada para um novo local, mais perto da costa. Fez parte da Dinamarca até 1658, ano em que a província da Halândia foi definitivamente cedida à Suécia pelo Tratado de Rosquilda. Foi nesta cidade que Carlos XI venceu os daneses na Batalha de Halmstad em 1676.[3][7]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

Halmstad é atravessada pela estrada europeia E6 (ligando Copenhaga e Malmo a Gotemburgo) e pela Linha da Costa Oeste (ligando Gotemburgo a Malmo).[3]

Economia[editar | editar código-fonte]

Ela possui estaleiros, pescarias, fábricas de cerveja, maquinaria, papel e madeira. É caracterizada pela presença da Escola Superior de Halmstad, do Hospital da Halland e da Guarnição Militar de Halmstad - compreendendo o Regimento de Defesa Antiaérea, a Academia Militar de Halmstad e a Escola Técnica das Forças Armadas.[8]

Monumentos[editar | editar código-fonte]

  • Igreja de São Nicolau, edificada em 1462.

Notas[editar | editar código-fonte]

[a] ^ A toponímia sueca terminada em -tad foi latinizada como -tádio via o latim -tadium.[9]

Referências

  1. City Population.
  2. Enciclopédia Norstedt 2008, p. 476.
  3. a b c Nordblom 2019.
  4. Editores 1998.
  5. Wahlberg, Mats (2003). «Halmstad». Svenskt ortnamnslexikon (Dicionário dos nomes das localidades suecas) (em sueco). Uppsala: Språk- och folkminnesinstitutet e Institutionen för nordiska språk vid Uppsala universitet. p. 107. 422 páginas. ISBN 91-7229-020-X 
  6. Egmont Azevedo das CHAGAS e Juliana STUGINSKI-BARBOSA. «FALHAS EM IMPLANTES DENTÁRIOS E BRUXISMO: REVISÃO DELITERATURA». Consultado em 16 de fevereiro de 2020. ... 46 pacientes que foram submetidos a confecção de próteses sobreimplantes em Halmstad, Suécia foram analisados … 
  7. Valeur 2017.
  8. Näringsliv 2014.
  9. Valentini 1831, p. 1368.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Editores (1998). «Halmstad» (em inglês). Britânica Online 
  • Nordblom, Carl-Johan (2019). «Förromersk järnålder». Enciclopédia Nacional Sueca (em sueco). Gotemburgo: Universidade de Gotemburgo 
  • Valentini, Francesco (1831). Gran dizionario grammatico-pratico italiano-tedesco. Lípsia: Giovanni Ambrogio Barth 
  • Valeur, Bent; Grinder-Hansen, Poul (2010). «Halmstad». Den Store Dansk – Grande Enciclopédia Dinamarquesa (em dinamarquês). Copenhague: Gyldendal