Halmstad

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Suécia Halmstad

Halmostádio

 
  Cidade  
Biblioteca
Biblioteca
Brasão de armas de Halmstad
Brasão de armas
Halmstad está localizado em: Suécia
Halmstad
Localização de Halmstad
Coordenadas 56° 39' N 12° 54' E
Região Gotalândia
Província Halândia
Condado Halândia
Comuna Halmstad
Área
- Total 36,5 km²
População (2018)
 - Total 69 419
    • Densidade 1 901,9 hab./km²
Website www.halmstad.se

Halmstad ou Halmostádio (em latim: Halmostadium)[a] é uma cidade e porto da Costa Oeste da Suécia situada na região de Gotalândia, província da Halândia, condado da Halândia e comuna de Halmstad, às quais atua como sede. Compreende 36,5 quilômetros quadrados e segundo censo de 2018, havia 69 419. Portuária, está na margem leste do estreito de Categate, na foz do Nissan.[1][2][3][4]

História[editar | editar código-fonte]

Há vestígios de uma povoação permanente no século XIII, no local da Halmstad primitiva. Em 1307, recebeu o seu "título de cidade" (privilegiebrev). Em 1320, foi deslocada para um novo local, mais perto da costa. Fez parte da Dinamarca até 1658, ano em que a província da Halândia foi definitivamente cedida à Suécia pelo Tratado de Rosquilda. Foi nesta cidade que Carlos XI venceu os daneses na Batalha de Halmstad em 1676.[3][5]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

Halmstad é atravessada pela estrada europeia E6 (ligando Copenhaga e Malmo a Gotemburgo) e pela Linha da Costa Oeste (ligando Gotemburgo a Malmo).[3]

Economia[editar | editar código-fonte]

Ela possui estaleiros, pescarias, fábricas de cerveja, maquinaria, papel e madeira. É caracterizada pela presença da Escola Superior de Halmstas, do Hospital da Halândia e da Guarnição Militar de Halmstad - compreendendo o Regimento de Defesa Antiaérea, a Academia Militar de Halmstad e a Escola Técnica das Forças Armadas.[6]

Monumentos[editar | editar código-fonte]

  • Igreja de São Nicolau, edificada em 1462.

Notas[editar | editar código-fonte]

[a] ^ A toponímia sueca terminada em -tad foi latinizada como -tádio via o latim -tadium.[7]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Editores (1998). «Halmstad» (em inglês). Britânica Online 
  • Nordblom, Carl-Johan (2019). «Förromersk järnålder». Enciclopédia Nacional Sueca (em sueco). Gotemburgo: Universidade de Gotemburgo 
  • Valentini, Francesco (1831). Gran dizionario grammatico-pratico italiano-tedesco. Lípsia: Giovanni Ambrogio Barth 
  • Valeur, Bent; Grinder-Hansen, Poul (2010). «Halmstad». Den Store Dansk – Grande Enciclopédia Dinamarquesa (em dinamarquês). Copenhague: Gyldendal