Södermanland (condado)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o condado. Para a província, veja Södermanland.
Suécia Sudermânia

Södermanland

 
  Condado  
SverigesLän2007Södermanland.svg
Símbolos
Brasão de armas de Sudermânia
Brasão de armas
Localização
Região Svealândia
História
Fundação 1634
Administração
Capital Nyköping
Características geográficas
População total (2019) 297 540[1] hab.
Sítio d.lst.se

O Condado da Södermanland[2] (em sueco: Södermanlands län; Nuvola apps arts.svg ouça a pronúncia) ou Condado da Sudermânia[3] (em latim: Sudermanniae Comitatus) é um dos 21 condados em que a Suécia está atualmente dividida. Abrange o Oeste e o Sul da província histórica da Södermanland, na região da Svealândia. [4] [5]

Ocupa 1,4% da superfície total do país, e tem uma população de 297 540 habitantes (2019). Sua capital é a cidade de Nyköping. [6] [7] [8]

Como subdivisão regional, tem funções administrativas e políticas distintas, executadas por entidades diferentes: Länsstyrelsen i Södermanlands län (funções administrativas) e Região Sörmland (funções políticas). [9] [10] [11] [12] [13]

Etimologia e uso[editar | editar código-fonte]

Södermanland deriva das palavras nórdicas söder (sul), man (homem) e land (terra), significando "Terra dos homens do Sul" (Södermännens land, Suþermanna land em sueco antigo), isto é aqueles que viviam ao sul da Uppland. [14]

Em textos em português costuma ser usada a forma original Södermanland, ocasionalmente transliterada para Sodermanland por adaptação tipográfica, e raramente como Sudermânia. [15]

Condado atual[editar | editar código-fonte]

O Condado da Sudermânia foi fundado em 1634, abrangendo então a província da Södermanland. Em 1714, a sua parte oriental foi todavia integrada no recém-criado condado de Estocolmo.[16]

O brasão do condado de Södermanland foi herdado diretamente da província histórica de Södermanland, apesar da parte oriental da província ter sido transferida para o condado de Estocolmo. Foi originalmente criado em 1560 por ocasião do funeral do rei Gustavo Vasa. Quando é representado com uma coroa real, simboliza o governo civil do condado (länsstyrelse). [17]

Comunas[editar | editar código-fonte]

O condado está dividido em 9 comunas (kommuner): [18]

Södermanland County.png


Cidades e localidades principais[editar | editar código-fonte]

Os maiores centros urbanos (tätorter) do condado eram em 2019: [19]

Nr Cidade População
1 Eskilstuna 70 729
2 Nyköping 33 546
3 Katrineholm 24 467
4 Strängnäs 14 372
5 Oxelösund 11 405
6 Torshälla 9 375
7 Trosa 6 821
8 Flen 6 659
9 Gnesta 6 385
10 Skiftinge 5 173

Comunicações[editar | editar código-fonte]

O condado é atravessado no sentido este-oeste pelas estradas europeias E4 (passando por Nyköping) e E20 (passando por Eskilstuna e Strängnäs). Katrineholm é um importante nó ferroviário onde convergem várias linhas férreas: Estocolmo-Katrineholm-Gotemburgo, Estocolmo-Nyköping-Malmö e Estocolmo-Eskilstuna-Karlstad. O condado dispõe de um grande porto em Oxelösund e de um aeroporto internacional em Skavsta, perto de Nyköping. [20] [21]

Referências

  1. http://www.scb.se/hitta-statistik/statistik-efter-amne/befolkning/befolkningens-sammansattning/befolkningsstatistik/pong/tabell-och-diagram/helarsstatistik--forsamling-landskap-och-stad/folkmangd-i-landskapen-den-31-december-2016/
  2. Lello 1981, p. 951.
  3. Enciclopédia Brasileira Mérito 1967.
  4. Jan von Konow e Ulf Erlandsson. «Södermanlands län» (em sueco). Nationalencyklopedin (Enciclopédia Nacional Sueca). Consultado em 12 de agosto de 2018 
  5. «Södermanland» (em inglês). Encyclopædia Britannica ( Enciclopédia Britânica). Consultado em 12 de agosto de 2018 
  6. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Södermanlands län». Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok. p. 661. 793 páginas. ISBN 91-7227-186-8 
  7. «Södermanlands län» (em inglês). Google Maps. Consultado em 29 de janeiro de 2018 
  8. «Folkmängd i riket, län och kommuner 31 december 2019 och befolkningsförändringar 1 oktober–31 december 2019. Totalt» (em sueco). Instituto Nacional de Estatística da Suécia (População do país, dos condados e das comunas – dezembro de 2019). Consultado em 1 de maio de 2020 
  9. Lennart Lundquist. «Län» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 5 de novembro de 2015 
  10. Lennart Lundquist. «Länsstyrelse» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 5 de novembro de 2015 
  11. Agne Gustafsson. «Landsting» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 5 de novembro de 2015 
  12. «Cópia arquivada». Consultado em 29 de janeiro de 2018. Arquivado do original em 26 de julho de 2015 
  13. https://www.landstingetsormland.se/
  14. Wahlberg, Mats (2003). «Södermanland». Svenskt ortnamnslexikon (Dicionário dos nomes das localidades suecas) (em sueco). Uppsala: Språk- och folkminnesinstitutet e Institutionen för nordiska språk vid Uppsala universitet. p. 322. 422 páginas. ISBN 91-7229-020-X 
  15. André Szczawlinska Muceniecks. «Austrvegr e Gardaríki: (re)significações do leste na Escandinávia tardo-medieval». Universidade de São Paulo. Consultado em 15 de abril de 2020. A maior parte das estelas vikings procedem de Uppland e de Södermanland, seguidos de Östergötland, segundo padrão... 
  16. «Södermanland». Norstedts uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts. 2007-2008. p. 1277. 1488 páginas. ISBN 9789113017136 
  17. «Hertigdömet Södermanland (Ducado da Södermanland (em sueco). Casa Real da Suécia (Sveriges kungahus). Consultado em 1 de maio de 2020 
  18. «Folkmängd i riket, län och kommuner 31 december 2019 och befolkningsförändringar 1 oktober–31 december 2019. Totalt» (em sueco). Instituto Nacional de Estatística da Suécia (População do país, dos condados e das comunas – dezembro de 2019). Consultado em 1 de maio de 2020 
  19. «Tätorter». Instituto Nacional de Estatística da Suécia (Statistiska centralbyrån). Statistiska tätorter 2018, befolkning och landareal per tätort och kommun. Consultado em 1 de maio de 2020 
  20. Lidman Production AB (texto) e Matton (fotografia) (2011). «Södermanland». Libers stora junioratlas (em sueco). Estocolmo: Liber. p. 23. 144 páginas. ISBN 9789147809028 
  21. «Södermanlands län» (em sueco). Eniro kartor (Mapas Eniro). Consultado em 1 de maio de 2020 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • «Sudermânia». Enciclopédia Brasileira Mérito. São Paulo: Mérito S. A. 1967 
  • Lello, José; Lello, Edgar (1981). «Mapa da Suécia». Lello Universal. 2. Porto: Lello & Irmão. p. 951. ISBN 9789724800059