Växjö

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Suécia Växjö

Vexiônia

 
  Cidade  
Mercado
Mercado
Brasão de armas de Växjö
Brasão de armas
Växjö está localizado em: Suécia
Växjö
Localização de Växjö
Coordenadas 56° 53' N 14° 48' E
Região Gotalândia
Província Esmolândia
Condado Cronoberga
Comuna Växjö
Área
- Total 35,4 km²
População (2018)
 - Total 68 059
    • Densidade 1 922,6 hab./km²
Website www.vaxjo.se

Växjö ou Vexiônia (em latim: Vexionia) é uma cidade sueca da região de Gotalândia, província da Esmolândia, condado de Cronoberga e comuna de Växjö, onde é capital. Ocupa área de 35,4 quilômetros quadrados. De acordo com o censo de 2018, havia 68 059 habitantes.[1][2][3][4][5]

Etimologia e uso[editar | editar código-fonte]

O topônimo Växjö deriva das palavras nórdicas väg (caminho) e sjö (lago) e significa "lugar junto ao lago onde confluem vários caminhos". As primeiras menções conhecidas são Wexionensem no século XII e Datum Vexio no XIII.[6][7]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade tem posição estratégica nas comunicações do sul do país como ponto de encontro das ferrovias Estocolmo-Malmo e Gotemburgo-Calmar/Carloscrona e as estradas nacionais Malmo-Lincopinga, Halmostádio-Calmar e Carloscrona-Gotemburgo/ Ionecopinga. O aeroporto Aeroporto de Vexiônia/Cronoberga faz voos domésticos e internacionais.[8]

Economia[editar | editar código-fonte]

Situada no centro da Esmolândia, é dominada por uma grande diversidade de empresas, com apreciável crescimento contínuo. A sua posição e rede de comunicações fazem dela importante nó comercial. Além de empresas ligada à exploração floresta, há empresas dedicadas à maquinaria e electrotecnia e ao comércio nacional e internacional.[8]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

Os destinos mais procurados atualmente são:[9]

Referências

  1. CP 2018.
  2. Ernby 2001, p. 228.
  3. Thaning 1983, p. 83.
  4. Sellers 2019.
  5. Editores 1998.
  6. Wahlberg 2003, p. 381.
  7. Pamp 1988, p. 71.
  8. a b Vexiônia 2019.
  9. Ottosson 2008, p. 301.
  10. «Utvandrarnas hus» (em sueco). Kulturparken Småland. Consultado em 11 de junho de 2019 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Editores (1998). «Växjö» (em inglês). Britânica Online 
  • Ernby, Birgitta; Gellerstam, Martin; Malmgren, Sven-Göran; Axelsson, Per; Fehrm, Thomas (2001). «Växjö». Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok. p. 767. ISBN 91-7227-186-8 
  • Ottosson, Mats; Ottosson, Åsa (2008). «Småland». Upplev Sverige. En guide till upplevelser i hela landet (em sueco). Estocolmo: Wahlström Widstrand. 527 páginas. ISBN 9789146215998 
  • Pamp, Bengt (1988). «Städernas namn (Nomes das cidades)». Ortnamnen i Sverige (Nomes de localidades da Suécia) (em sueco). Lunda: Studentlitteratur. 199 páginas. ISBN 91-44-01535-6 
  • Sellers, David (2019). «Växjö». Enciclopédia Nacional Sueca (em sueco). Gotemburgo: Universidade de Gotemburgo 
  • Thaning, Olof (1983). «Växjö». Sverigeboken (em sueco). Estocolmo: Det Bästa. 408 páginas. ISBN 91-7030-101-8 
  • Wahlberg, Mats (2003). «Växjö». Svenskt ortnamnslexikon (Dicionário das localidades suecas) (em sueco). Upsália: Språk- och folkminnesinstitutet e Institutionen för nordiska språk vid Uppsala universitet. ISBN 91-7229-020-X 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Växjö