Värmland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o condado homônimo, veja Värmland (condado).
Suécia Värmland

Varmlândia

 
  Província  
Sverigekarta-Landskap Värmland.svg
Símbolos
Brasão de armas de Värmland
Brasão de armas
Localização
Região Svealândia
Condado
Características geográficas
Área total 22 551 km²
População total (2005) 319 331[1] hab.

A Värmland (em sueco: Värmland; pronúncia /ˈværmland/; Nuvola apps arts.svg ouça a pronúncia) ou Varmlândia [2] é uma província histórica da Suécia localizada na região histórica da Svealand. Ocupa 4,4% da superfície total do país, e tem uma população de cerca de 319 331 habitantes. [3][4][5]

Morbrors ådra1.JPG

A Värmland tradicional é conhecida pelos seus vales e rios, pelos quais são transportados os toros das árvores derrubadas nas suas grandes florestas. [6]

Como província histórica, a Värmland não possui atualmente funções administrativas, nem significado político, mas está todavia presente em contextos históricos, culturais, escolares, turísticos e desportivos.[7]

Hoje em dia, a província histórica da Värmland faz parte, na sua quase totalidade, do condado da Värmland, com exceção de uma pequena parte que está integrada nos condados da Västra Götaland e de Örebro. [3]

Etimologia e uso[editar | editar código-fonte]

O nome geográfico Värmland deriva do sueco antigo Værmaland, significando possivelmente ”terra dos værmar”, em alusão aos habitantes em redor da desembocadura do rio Værma (hoje em dia Borgviksälven) no lago Vänern. O nome do rio Værma significa ”que está em ebulição, que não gela”. A província (landskap) está mencionada em documentos em latim por nomes variados, como Wermelandie, Wærmalandie, Vermelandia, Værmalandia, Værmolandia, Virmolandia, Vermillandia. [8] [9] [10]

Em textos em português costuma ser usada a forma original Värmland, ocasionalmente transliterada para Varmland por adaptação tipográfica. [11] [12]

Geografia[editar | editar código-fonte]

A maior parte da província é um planalto coberto de florestas, com um terreno recortado por numerosos rios e mais de 3 000 lagos. Uma parte do norte tem montanhas relativamente elevadas. Numa pequena parte do sul há uma planície agrícola. Junto à margem do lago Vänern há muitas ilhas e recifes. O clima no norte da província é continental, com invernos frios, e no sul é marítimo, com verões quentes e invernos moderados, devido à proximidade do lago Vänern. As enormes florestas são constituídas principalmentepor pinheiros e abetos, havendo ainda diversas folhosas. Muitos alces vivem aí, além de ursos, linces, castores e lobos. [13] [14] [15] [16]

Vida económica[editar | editar código-fonte]

A economia da Värmland está tradicionalmente baseada na floresta, no ferro e, em menor grau, na agricultura. Existem numerosas serrações, fábricas de papel e de pasta de papel, fábricas de aço e de produtos metalúrgicos, e fábricas agro-alimentares. Uma indústria de relevo é a fábrica de material de guerra da empresa Bofors em Karlskoga.[13][17][18]

Dialetos[editar | editar código-fonte]

Os vários dialetos falados na Värmland têm a designação comum de värmländska ("värmlandês").[19][20]

Símbolos da Värmland[editar | editar código-fonte]

Trientalis borealis
Lobo
Mobelha-pequena
Osmerus eperlanus


Património histórico, cultural e turístico[editar | editar código-fonte]

Personalidades ligadas à Värmland[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Folkmängd i landskapen den 31 december 2017 (Populacao das províncias históricas em 31 de dezembro de 2017 (em sueco). Instituto Nacional de Estatística da Suécia. Consultado em 5 de junho de 2019 
  2. Fundação Calouste Gulbenkian. Serviço de Bibliotecas e Apoio à Leitura (1984). Boletim cultural. [S.l.]: O Serviço. p. 38 
  3. a b «Värmlands län» (em sueco). Nationalencyklopedin - Enciclopédia Nacional Sueca 
  4. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Värmland». Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok. p. 765. 793 páginas. ISBN 91-7227-186-8 
  5. Skiöld, Gitte (1999). «Värmland». Värmland (em sueco). Estocolmo: Natur och Kultur. p. 5. 24 páginas. ISBN 9127507599 
  6. Rydstedt, Bjarne; Georg Andersson, Torsten Bladh, Per Olof Köhler, Karl-Gustaf Thorén, Mona Larsson (1987). «Värmland». Land och liv 1 (em sueco). Estocolmo: Natur och kultur. p. 144. 216 páginas. ISBN 91-27-62563-X 
  7. Ulf Sporrong. «Landskap» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca 
  8. Wahlberg, Mats (2003). «Värmland». Svenskt ortnamnslexikon (Dicionário dos nomes das localidades suecas) (em sueco). Uppsala: Språk- och folkminnesinstitutet e Institutionen för nordiska språk vid Uppsala universitet. p. 39. 372 páginas. ISBN 91-7229-020-X 
  9. Agne Furingsten; et al. «Värmland» (em sueco). Nationalencyklopedin (Enciclopédia Nacional Sueca). Consultado em 18 de julho de 2018 
  10. Elof Hellquist. «Värmland» (em sueco). Projekt Runeberg - Svensk etymologisk ordbok (Projeto Runeberg - Dicionário etimológico sueco - Arquivo Nacional da Suécia). Consultado em 18 de julho de 2018 
  11. «Parque eólico sueco fornece eletricidade renovável a 40 000 pessoas». União Europeia. Consultado em 18 de julho de 2018. Localizado em Värmland, nas margens do lago Vänern, o maior lago da UE, o parque beneficia dos ventos fortes da zona. 
  12. Hubert Ciiamone Gesser. «UMA APLICAÇÃO DE MINERAÇÃO DE DADOS EM PERIODONTIA» (PDF). UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Consultado em 26 de julho de 2020. Em um estudo feito em Varmland (Suécia) em 1998, comparando as proporções das necessidades de tratamento 
  13. a b Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Värmland». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. 1109. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 
  14. Skiöld, Gitte (1999). «Ack Värmland, du sköna!». Värmland (em sueco). Estocolmo: Natur och Kultur. p. 8-9. 24 páginas. ISBN 9127507599 
  15. «Värmland» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 7 de junho de 2019 
  16. Bent Valeur e Tore Nyberg. «Värmland» (em dinamarquês). Den Store Danske Encyklopædi (Grande Enciclopédia Dinamarquesa). Consultado em 7 de junho de 2019 
  17. RYDSTEDT, Bjarne; Georg Andersson, Torsten Bladh, Per Olof Köhler, Karl-Gustaf Thorén, Mona Larsson (1987). «Värmland». Land och liv 1 (em sueco). Estocolmo: Natur och kultur. p. 144-145. 216 páginas. ISBN 91-27-62563-X 
  18. Skiöld, Gitte (1999). «Korta fakta». Värmland (em sueco). Estocolmo: Natur och Kultur. p. 5. 24 páginas. ISBN 9127507599 
  19. «Värmländska» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca 
  20. Dicionário de Värmlandês
  21. Skiöld, Gitte (1999). «Korta fakta». Värmland (em sueco). Estocolmo: Natur och Kultur. p. 5. 24 páginas. ISBN 9127507599 
  22. «Järsberg» (PDF) (em sueco). Riksantikvariämbetet (Autoridade Nacional da Herança Cultural). Consultado em 5 de março de 2017 
  23. Skiöld, Gitte (1999). «Korta fakta». Värmland (em sueco). Estocolmo: Natur och Kultur. p. 5. 24 páginas. ISBN 9127507599 
  24. Skiöld, Gitte (1999). «Selma Ottilia Lovisa på Mårbacka». Värmland (em sueco). Estocolmo: Natur och Kultur. p. 22. 24 páginas. ISBN 9127507599 
  25. Skiöld, Gitte (1999). «Lars Magnus Ericsson». Värmland (em sueco). Estocolmo: Natur och Kultur. p. 20. 24 páginas. ISBN 9127507599 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Värmland

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • «Värmlands län» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca 
  • «Värmland». Sveriges landskap. Estocolmo: Almqvist & Wiksell. 1995. pp. 42–43. ISBN 91-21-14445-1 
  • RYDSTEDT, Bjarne; Georg Andersson, Torsten Bladh, Per Olof Köhler, Karl-Gustaf Thorén, Mona Larsson (1987). «Värmland». Land och liv 1 (em sueco). Estocolmo: Natur och kultur. p. 144-145. 216 páginas. ISBN 91-27-62563-X 


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Suécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.