Olândia (província)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a província histórica da Olândia. Para a ilha da Olândia, veja Olândia.
Suécia Olândia

Öland

 
  Província  
Sverigekarta-Landskap Öland.svg
Símbolos
Bandeira de Olândia
Bandeira
Brasão de armas de Olândia
Brasão de armas
Localização
Região Gotalândia
Condado Calmar
Características geográficas
População total (2018) 25 921 hab.
Website www.oland.se

Olândia[1] (em sueco: Öland; pronúncia /ˈø̌ːland/; Nuvola apps arts.svgouça a pronúncia) é uma província (landskap) da Suécia situada na região da Gotalândia. Ocupa 0,3% da superfície total do país, e tem uma população de 25 921 habitantes (2018). Atualmente pertence administrativamente ao condado de Calmar.[2][3]

Como província histórica, não possui atualmente funções administrativas, nem significado político, mas seu nome é usado correntemente nos mais variados contextos.[4]

Etimologia e uso[editar | editar código-fonte]

O topônimo Öland deriva de øland (ilha), em sueco antigo. Aparece traduzido ao latim como Ølandia em 1178.[5][6]

Geografia[editar | editar código-fonte]

A Olândia é a menor província da Suécia, sendo ao mesmo tempo a segunda maior ilha do país. Está situada no mar Báltico, a pouca distância da costa da Esmolândia, e é ligada a esta pela Ponte da Olândia, desde 1972. O clima é mais suave do que no continente e há relativamente pouca chuva. A agricultura tradicional produz beterraba-sacarina e morangos. Atualmente, o turismo tem uma grande importância, especialmente no verão.[2][7] Está dividida entre as comunas de Borgolmo e Mörbylånga e seus principais assentamentos são Borgolmo, Färjestaden e Mörbylånga.[8][9]

Património histórico, cultural e turístico[editar | editar código-fonte]

A ilha tem numerosos vestígios arqueológicos, sobretudo da Idade do Ferro (500–1 a.C.). Pensa-se que foi ocupada pelos Suíones durante a Era das Migrações Nórdicas (400–550 d.C.).[10]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ernby, Birgitta; Gellerstam, Martin; Malmgren, Sven-Göran; Axelsson, Per; Fehrm, Thomas (2001). «Öland». Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok. p. 767. ISBN 91-7227-186-8 
  • Fernandes, Ivo Xavier (1941). Topónimos e Gentílicos. I. Porto: Editora Educação Nacional, Lda. 
  • Harrison, Dick; Gustafsson, Mikael (2015). «Öland». Upplev Sveriges historia. En guide till historiska upplevelser i hela landet (em sueco). Estocolmo: Bonnier fakta. 318 páginas. ISBN 9789174244915 
  • Pamp, Bengt (1988). «Öland». Ortnamnen i Sverige (Nomes de localidades da Suécia) (em sueco). Lunda: Studentlitteratur. 199 páginas. ISBN 91-44-01535-6 
  • Sporrong, Ulf (2019). «Landskap». Enciclopédia Nacional Sueca (em sueco). Gotemburgo: Universidade de Gotemburgo 
  • Wahlberg, Mats (2003). «Öland». Svenskt ortnamnslexikon (Dicionário das localidades suecas) (em sueco). Upsália: Språk- och folkminnesinstitutet e Institutionen för nordiska språk vid Uppsala universitet. ISBN 91-7229-020-X 
  • Wedsberg, Malin (1995). Sveriges landskap (Províncias da Suécia) (em sueco). Estocolmo: Almqvist & Wiksell. ISBN 91-21-14445-1 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Olândia (província)