Dalarna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Dalarna (província))
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a província histórica. Para o condado de Dalarna, veja Dalarna (condado).
Dalecárlia
Dalarna
Dalarna vapen.svg
Região histórica Sueônia
Condados atuais Dalarna, Gävleborg, Jemtlândia, Varmlândia
Localização na Suécia
Sverigekarta-Landskap Dalarna.svg
Dados
Área total 31.351 km2
População 275.755 habitantes
(2005)
Densidade 8,80 hab./km²
Ponto culminante Storvätteshågna
1204 metros
Maior lago Siljan
Maior cidade Borlänge
Símbolos da província
Flor {{{flor}}}
Animal Bufo-real
Peixe {{{peixe}}}

Dalarna (LITERALMENTE Os vales; Loudspeaker.svg? Dalarna), por vezes designada em português como Dalecárlia, é uma província histórica (landskap) da Suécia, situada no centro do país, na região histórica (landsdel) da Sueônia. Ocupa 7% da área total do país, e tem uma população de 286 000 habitantes.[1][2]

Como província histórica, a Dalecárlia não possui funções administrativas, nem significado político. Como termo geográfico, está diariamente presente nos mais variados contextos, como por exemplo em Dalarnas museum (museu regional), Högskolan Dalarna (escola superior) e Dalarnas Ishockeyförbund (federação regional de hóquei no gelo).[3][4]

Seu nome é mencionado ao longo da literatura de língua inglesa nas formas Dalecárlia e the Dales. Dalarna faz fronteira com a Herdália, Helsíngia, Gestrícia, Vestmânia e Varmlândia, além da Noruega, a oeste.

A palavra "Dalarna" significa "os vales". É um destino turístico popular entre os suecos do sul, que costumam viajar para lá durante as férias de verão, atraídos pelos lagos locais, propícios para a pesca, pelos belos locais para a prática do camping e pelas densas florestas. Muitos destes suecos possuem ou alugam uma "cabana dos tempos livres" (sommarstuga) em Dalarna, onde cultivam pequenas hortas e pomares. Em meados de junho as comemorações e bailes da Festa do Verão (midsommar) são realizadas tanto nas grandes cidades quanto nas pequenas aldeias. A região tem diversas associações históricas, e possui fortes características locais relacionadas a seus produtos e seus habitantes.

Nos distritos ocidentais de Älvdalen e Lima, muitas pessoas ainda falam um dialeto arcaico, o dalecarliano, por muitos considerado uma língua. Historicamente são conhecidos no país por seu amor ferrenho pela independência. [5]

Condados atuais[editar | editar código-fonte]

A província histórica de Dalarna coincide quase na totalidade com o atual Condado de Dalarna.[6]

Geografia[editar | editar código-fonte]

A província histórica de Dalarna é dominada pelo lago Siljan e pelos dois rios Dal Ocidental e Dal Oriental que confluem no grande rio Dal.
A maior parte do seu território está coberta por florestas, havendo todavia áreas agrícolas à volta do lago.
O noroeste da província é montanhoso, com uma série de serras cujo ponto mais elevado é Storvätteshågna com 1204 m de altitude. Tem um clima continental severo, com invernos frios e com muita neve.[7][8]

Maiores cidades[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia da Dalecárlia está tradicionalmente baseada nas minas, nas florestas e nas barragens hidroelétricas. A mina de cobre de Falun é conhecida desde o século XII . O turismo local tem como força de atração a beleza da natureza, o artesanato típico e os encontros anuais de música e de teatro, assim como as competições desportivas, com destaque para a Corrida de Vasa.[9]

Património histórico, cultural e turístico[editar | editar código-fonte]

Personalidades ligadas à província[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Magnusson, Thomas; Peter A. Sjögren (2004). «Dalarna». Vad varje svensk bör veta (O que todos os suecos devem saber) (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB. p. 204. 654 páginas. ISBN 91-0-010680-1 
  2. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Dalarna». Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok. p. 110. 793 páginas. ISBN 91-7227-186-8 
  3. Ulf Sporrong. «Landskap» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 11 de junho de 2015 
  4. Magnusson, Thomas; Peter A. Sjögren (2004). «Landskapen». Vad varje svensk bör veta (O que todos os suecos devem saber) (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB. p. 212. 654 páginas. ISBN 91-0-010680-1 
  5. Encyclopaedia Britannica (ed. 1911), Volume V07, pág. 764. (link online)
  6. Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «CAPÍTULO». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. PÁGINA. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 
  7. Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Dalarna». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. 172. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 
  8. Magnusson, Thomas; Peter A. Sjögren (2004). «Dalarna». Vad varje svensk bör veta (O que todos os suecos devem saber) (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB. p. 204. 654 páginas. ISBN 91-0-010680-1 
  9. Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Dalarna». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. 172. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Dalarna
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Suécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.