Mina de cobre de Falun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Área Mineira da Grande Montanha de Cobre em Falun *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Falu koppargruva.jpg
País  Suécia
Tipo Cultural
Critérios ii, iii, v
Referência 1027
Região** Europa e América do Norte
Coordenadas 60° 35' 56" N 15° 36' 44" E
Histórico de inscrição
Inscrição 2001  (25ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.

A mina de Falun (em sueco: Falu gruva) é uma antiga mina de cobre situada aproximadamente um quilómetro a sudoeste da cidade de Falun, na província histórica de Dalarna. Estima-se que as operações possam ter começado em 800 a.C., aproximadamente, e terminaram em 1992. No seu auge, era uma das maiores minas da Suécia e é desde 2001 considerada Património Mundial[1]. Além de cobre, dela foi também extraído sulfureto de minerais, zinco, chumbo, bismuto, prata e ouro.

A tinta vermelha de Falu (Falu rödfärg) foi um produto secundário da extração de cobre nesta mina.[2]

Referências

  1. «UNESCO». Consultado em 15/10/2013. 
  2. «Falun». Vad varje svensk bör veta (em sueco) (Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB). 2004. p. 205. ISBN 91-0-010680-1.  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (Ajuda)