Lund (Suécia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lund
—  Cidade  —
Catedral de Lund
Catedral de Lund
Brasão de armas de Lund
Brasão de armas
Lema: "Idéernas stad"
-"A cidade de ideias"
Lund está localizado em: Suécia
Lund
Localização de Lund na Suécia
Coordenadas 55° 42' N 13° 12' E
País  Suécia
Província Escânia
Condado Escânia
Município Lund
Área [1]
 - Total 25,75 km²
População (31 de dezembro de 2010)[1]
 - Total 82,800
    • Densidade 3,215/km2 
Fuso horário HEC (UTC+1)
 - Horário de verão HVEC (UTC+2)

Lund é uma cidade sede da comuna de mesmo nome, localizada no condado de Escânia, no sul da Suécia. [2] [3]
Fica a 23 km de Malmö, e tem uma população de 82 000 habitantes (2011). [4]
Foi fundada no séc. X, tendo sido um importante centro religioso e político da Dinamarca a partir do séc. XII. A sua universidade data do séc. XVII. [5] [6]

História[editar | editar código-fonte]

Existe alguma controvérsia sobre a data exacta da fundação de Lund. Até recentemente pensava-se que a cidade teria sido fundada cerca de 1020 pelo rei dinamarquês Canuto, o Grande, mas recentes escavações arqueológicas sugerem que o primeiro povoado terá surgido por volta de 990 com o deslocamento da povoação de Uppåkra para a actual localização de Lund (a cerca de 5 quilómetros de distância). Esta teria sido realizada sob o reinado de Sueno I por motivos estratégicos, já que permitiu à povoação localizar-se no topo de uma colina.

Em 1103 tornou-se a sede do arcebispado da Escandinávia, tendo a catedral sido inaugurada nessa altura ou pouco tempo depois. Em 1164, a Suécia obteve a sua própria arquidiocese, embora subordinada à de Lund.

Katedralskolan

A Escola Catedrática de Lund (Katedralskolan) foi fundada em 1085 pelo rei Canuto, o Santo, sendo esta a mais antiga escola escandinava e uma das mais antigas no norte da Europa. É ainda uma das escolas de maior prestígio na Suécia, tendo tido como alunos diversas personalidades famosas (tais como o actor Max von Sydow e vários políticos de alta esfera).

Em 1658, todos os condados de Skåne, excluindo as ilhas Bornholm e Anholt, passaram para as mãos da Dinamarca com o Tratado de Roskilde. Mas a 4 de dezembro de 1676 travou-se uma sangrenta batalha defendendo a cidade da presença dinamarquesa. A Universidade de Lund foi estabelecida após a passagem de Lund novamente para a Suécia, com o objectivo de divulgar e fortalecer a cultura sueca na zona e eliminar os vestígios da presença dinamarquesa. Esta universidade é actualmente uma das maiores na Suécia, contando com cerca de 41 000 alunos.

A catedral de Lund.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Como consequência de se encontrar estabelecida numa colina, Lund possui uma diferença de altitude de 80 metros entre o seu ponto mais elevado (a norte) e o mais baixo (a sul). Esta diferença é considerável, tendo em conta que Skåne é uma província muito plana. Lund localiza-se a 16 km a norte de Malmö (a terceira maior cidade da Suécia) e a 10 km da costa oeste. Do topo da colina Sankt Hans Backar é possível vislumbrar Copenhaga, na Dinamarca. Existe uma floresta a leste da cidade e o parque nacional de Dalby encontra-se englobado no município de Lund.

A cidade tem muitos parques, destacando-se Lundagård no centro por possuir diversos edifícios da universidade no seu perímetro.

Indústria[editar | editar código-fonte]

A companhia Tetra Pak, que produz embalagens de produtos alimentícios, especialmente leite e sumos, tem a sua sede em Lund. Outras empresas tendo uma presença significativa na cidade, com laboratórios de desenvolvimento de produtos, incluem a Sony Ericsson (comunicações móveis), a Gambro (tecnologia médica), a Astra Zeneca (produtos farmacêuticos) e a Active Biotech (biotecnologia).

Património[editar | editar código-fonte]

Personalidades[editar | editar código-fonte]

Cidades geminadas[editar | editar código-fonte]

Lund está geminada com[7]:

Referências

  1. a b «Localities 2010, area, population and density in localities 2005 and 2010 and change in area and population» (em sueco). 19 de maio de 2012. Arquivado desde o original (.doc) em 17 de dezembro de 2012. Consultado em 15 de dezembro de 2014. 
  2. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Lund». Norstedts första svenska ordbok (em sueco) (Estocolmo: Norstedts ordbok). p. 368. ISBN 91-7227-186-8. 
  3. «Lund». Vad varje svensk bör veta (em sueco) (Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB). 2004. p. 213. ISBN 91-0-010680-1.  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (Ajuda)
  4. Anders Jönsson. «Lund» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 3 de fevereiro de 2016. 
  5. Ottosson, Mats; Åsa Ottosson (2008). «Lund». Upplev Sverige. En guide till upplevelser i hela landet (em sueco) (Estocolmo: Wahlström Widstrand). p. 260-261. ISBN 9789146215998. 
  6. «Lund». Vad varje svensk bör veta (em sueco) (Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB). 2004. p. 213. ISBN 91-0-010680-1.  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (Ajuda)
  7. Município de Lund. «Lunds vänorter och samarbetsavtal». Consultado em 19-10-2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Lund (Suécia)