Lund (Suécia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lund
—  Cidade  —
Catedral de Lund
Catedral de Lund
Brasão de armas de Lund
Brasão de armas
Lema: "Idéernas stad"
-"A cidade de ideias"
Lund está localizado em: Suécia
Lund
Localização de Lund na Suécia
Coordenadas 55° 42' N 13° 12' E
País  Suécia
Província Escânia
Condado Escânia
Município Lund
Área [1]
 - Total 25,75 km²
População (31 de dezembro de 2010) [1]
 - Total 82,800
    • Densidade 3,215 hab./km²
Fuso horário HEC (UTC+1)
 - Horário de verão HVEC (UTC+2)

Lund é uma cidade sede da comuna de mesmo nome, localizada no condado de Escânia, no sul da Suécia. [2] [3]
Fica a 23 km de Malmö, e tem uma população de 82 000 habitantes (2011). [4]
Foi fundada no séc. X, tendo sido um importante centro religioso e político da Dinamarca a partir do séc. XII. A sua universidade data do séc. XVII. [5] [6]

História[editar | editar código-fonte]

Existe alguma controvérsia sobre a data exacta da fundação de Lund. Até recentemente pensava-se que a cidade teria sido fundada cerca de 1020 pelo rei dinamarquês Canuto, o Grande, mas recentes escavações arqueológicas sugerem que o primeiro povoado terá surgido por volta de 990 com o deslocamento da povoação de Uppåkra para a actual localização de Lund (a cerca de 5 quilómetros de distância). Esta teria sido realizada sob o reinado de Sueno I por motivos estratégicos, já que permitiu à povoação localizar-se no topo de uma colina.

Em 1103 tornou-se a sede do arcebispado da Escandinávia, tendo a catedral sido inaugurada nessa altura ou pouco tempo depois. Em 1164, a Suécia obteve a sua própria arquidiocese, embora subordinada à de Lund.

Katedralskolan

A Escola Catedrática de Lund (Katedralskolan) foi fundada em 1085 pelo rei Canuto, o Santo, sendo esta a mais antiga escola escandinava e uma das mais antigas no norte da Europa. É ainda uma das escolas de maior prestígio na Suécia, tendo tido como alunos diversas personalidades famosas (tais como o actor Max von Sydow e vários políticos de alta esfera).

Em 1658, todos os condados de Skåne, excluindo as ilhas Bornholm e Anholt, passaram para as mãos da Dinamarca com o Tratado de Roskilde. Mas a 4 de dezembro de 1676 travou-se uma sangrenta batalha defendendo a cidade da presença dinamarquesa. A Universidade de Lund foi estabelecida após a passagem de Lund novamente para a Suécia, com o objectivo de divulgar e fortalecer a cultura sueca na zona e eliminar os vestígios da presença dinamarquesa. Esta universidade é actualmente uma das maiores na Suécia, contando com cerca de 41 000 alunos.

A catedral de Lund.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Como consequência de se encontrar estabelecida numa colina, Lund possui uma diferença de altitude de 80 metros entre o seu ponto mais elevado (a norte) e o mais baixo (a sul). Esta diferença é considerável, tendo em conta que Skåne é uma província muito plana. Lund localiza-se a 16 km a norte de Malmö (a terceira maior cidade da Suécia) e a 10 km da costa oeste. Do topo da colina Sankt Hans Backar é possível vislumbrar Copenhaga, na Dinamarca. Existe uma floresta a leste da cidade e o parque nacional de Dalby encontra-se englobado no município de Lund.

A cidade tem muitos parques, destacando-se Lundagård no centro por possuir diversos edifícios da universidade no seu perímetro.

Indústria[editar | editar código-fonte]

A companhia Tetra Pak, que produz embalagens de produtos alimentícios, especialmente leite e sumos, tem a sua sede em Lund. Outras empresas tendo uma presença significativa na cidade, com laboratórios de desenvolvimento de produtos, incluem a Sony Ericsson (comunicações móveis), a Gambro (tecnologia médica), a Astra Zeneca (produtos farmacêuticos) e a Active Biotech (biotecnologia).

Património[editar | editar código-fonte]

Personalidades[editar | editar código-fonte]

Cidades geminadas[editar | editar código-fonte]

Lund está geminada com[7]:

Referências

  1. a b «Localities 2010, area, population and density in localities 2005 and 2010 and change in area and population» (.doc) (em sueco). 19 de maio de 2012. Consultado em 15 de dezembro de 2014. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2012 
  2. Ernby, Birgitta; Martin Gellerstam, Sven-Göran Malmgren, Per Axelsson, Thomas Fehrm (2001). «Lund». Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok. p. 368. 793 páginas. ISBN 91-7227-186-8 
  3. «Lund». Vad varje svensk bör veta (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB. 2004. p. 213. 654 páginas. ISBN 91-0-010680-1  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  4. Anders Jönsson. «Lund» (em sueco). Nationalencyklopedin – Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 3 de fevereiro de 2016 
  5. Ottosson, Mats; Åsa Ottosson (2008). «Lund». Upplev Sverige. En guide till upplevelser i hela landet (em sueco). Estocolmo: Wahlström Widstrand. p. 260-261. 527 páginas. ISBN 9789146215998 
  6. «Lund». Vad varje svensk bör veta (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB. 2004. p. 213. 654 páginas. ISBN 91-0-010680-1  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  7. Município de Lund. «Lunds vänorter och samarbetsavtal». Consultado em 19 de outubro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Lund (Suécia)