WEC 40

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
WEC 40: Torres vs. Mizugaki
Detalhes
Promoção World Extreme Cagefighting
Data 02009-04-05 5 de abril de 2009
Local UIC Pavilion
Cidade Estados Unidos Chicago, Illinois
Público 5,257
Cronologia
WEC 39: Brown vs. Garcia WEC 40: Torres vs. Mizugaki WEC 41: Brown vs. Faber 2

WEC 40: Torres vs. Mizugaki foi um evento de MMA promovido pelo World Extreme Cagefighting em 5 de Abril de 2009 no UIC Pavilion em Chicago, Illinois.[1] O evento foi transmitido no Versus.

Background[editar | editar código-fonte]

Esse foi o primeiro evento do WEC que tiveram apenas lutas nos pesos leves, penas, e galos. As categorias de peso acima dos leves foram colocadas no UFC. Essas categorias de peso se mantiveram até o fim da organização.

O Campeão dos Galos do WEC Miguel Torres era esperado para enfrentar Brian Bowles no evento, porém Bowles foi forçado a se retirar devido a lesão, e foi substituído pelo estreante Takeya Mizugaki.[2] O combate entre Torres e Bowles foi remarcado para o WEC 42 em Agosto.

Estudos iniciais apontavam que Wagnney Fabiano enfrentaria o ex-Campeão do WEC nos Penas Urijah Faber, porém mais tarde foi anunciado que enfrentaria Fredson Paixão.[3]

Anthony Pettis era esperado para fazer sua estréia no WEC contra Anthony Njokuani, porém foi retirado do card porque quebrou a mão e foi substituído por Bart Palaszewski.

Cole Province era esperado para enfrentar Rafael Dias no evento, porém foi forçado a se retirar devido a uma lesão e foi substituído por Mike Budnik.[4]

A luta entre os Penas Cub Swanson e Diego Nunes era esperado para acontecer nesse card, porém a luta foi cancelada porque Nunes teve uma lesão na mão três dias antes do evento.[5]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Card Preliminar[editar | editar código-fonte]

  • Luta de Peso Pena: Brasil Rafael Dias vs. Estados Unidos Mike Budnik
Dias venceu por Decisão Unânime (30–27, 29–28 e 29–28)
  • Luta de Peso Galo: Japão Akitoshi Tamura vs. Estados Unidos Manny Tapia
Tamura venceu por Decisão Unânime (29–28, 29–28 e 29–28)
Yahya venceu por Finalização (mata-leão) aos 1:07 do primeiro round.
Fabiano venceu por Decisão Unânime (30–27, 30–27 e 30–27)
Cruz venceu por Decisão Unânime Técnica (30–27, 30–27 e 29–28). Cruz aplicou uma joelhada ilegal com Lopez no chão aos 3:24 do terceiro round. Como Lopez foi incapaz de continuar, a luta foi para a decisão.[6]
Njokuani venceu por Nocaute Técnico (socos) aos 0:27 do segundo round. A luta foi ao ar na tranmissão.

Card Principal[editar | editar código-fonte]

Assuncao venceu por Decisão Unânime (30–27, 30–27 e 30–27)
Henderson venceu por Nocaute Técnico (socos) aos 1:41 do primeiro round.
Benavidez venceu por Decisão Unânime (30–27, 30–27 e 29–28)
Torres venceu por Decisão Unânime (49–46, 49–46, 48–47) e manteve o Cinturão dos Galos.

Bônus da Noite[editar | editar código-fonte]

Os lutadores foram premiados com o prêmio de $10,000.[7]

  • Luta da Noite (Fight of the Night): Estados Unidos Miguel Torres vs. Japão Takeya Mizugaki
  • Nocaute da Noite (Knockout of the Night): Nigéria Anthony Njokuani
  • Finalização da Noite (Submission of the Night): Brasil Rani Yahya

Referencias[editar | editar código-fonte]