WEC 34

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
WEC 34: Faber vs. Pulver
Detalhes
Promoção World Extreme Cagefighting
Data 02008-06-01 1 de junho de 2008
Local ARCO Arena
Cidade Estados Unidos Sacramento, California
Público 12,682[1]
Arrecadado $738,855[1]
Cronologia
WEC 33: Marshall vs. Stann WEC 34: Faber vs. Pulver WEC 35: Condit vs. Miura

WEC 34: Faber vs. Pulver foi um evento de MMA promovido pelo World Extreme Cagefighting ocorrido em 02008-06-01 1 de junho de 2008 no ARCO Arena em Sacramento, California. O evento principal, anunciado no WEC 33, foi a luta entre Jens Pulver e Urijah Faber pelo Cinturão Peso Pena do WEC. WEC 34 foi transmitido ao vivo na Versus.[2] [3]

Background[editar | editar código-fonte]

O evento acumulou aproximadamente 1,540,000 telespectadores na Versus, um recorde no WEC.[4]

Richard Crunkilton foi originalmente selecionado para enfrentar Donald Cerrone nesse evento, mas ele foi forçado a se retirar da luta e foi substituído pelo estreante na promoção Danny Castillo.[5]

Eric Schambari era esperado para enfrentar Tim McKenzie nesse evento, mas se lesionou e foi substituído pelo estreante Jeremy Lang.[6]

Esse evento marcou a estréia promocional do futuro Campeão Peso Pena do WEC & UFC José Aldo.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Card Preliminar[editar | editar código-fonte]

Cruz venceu por Decisão Unânime (30–27, 29–28 e 29–28).

Aldo venceu por Nocaute Técnico (socos) aos 3:22 do segundo round.

Serdyukov venceu por Nocaute Técnico (lesão) aos 5:00 do primeiro round quando Sapo foi incapaz de continuar.

McKenzie venceu por Finalização (triângulo) aos 0:40 do terceiro round.

Ribeiro venceu por Decisão Dividida (29–28, 29–28 e 28–29).

Brown venceu por Decisão Unânime (30–27, 30–27 e 30–27).

Cerrone venceu por Finalização (chave de braço) aos 1:30 do primeiro round. A luta foi ao ar na transmissão.

Card Principal[editar | editar código-fonte]

McCullough venceu por Decisão Dividida (30–27, 30–27 e 28–29).

Munoz venceu por Nocaute (golpes) aos 4:15 do primeiro round.

Torres venceu por Nocaute Técnico (interrupção médica) aos 5:00 do terceiro round para manter o Cinturão Peso Galo do WEC. Essa luta escolhida 'Luta da Noite' junto com a luta de Urijah Faber e Jens Pulver.

Faber venceu por Decisão Unânime (50–45, 50–44 e 50–44) para manter o Cinturão Peso Pena do WEC. Essa luta foi escolhida 'Luta da Noite' junto com a luta entre Miguel Torres e Yoshiro Maeda.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]