Donald Cerrone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Donald Cerrone
Donald Cerrone.jpg
Informações
Nome
completo
Donald Anthony Cerrone
Nascimento 29 de março de 1983 (36 anos)
Colorado Springs, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Outros nomes Cowboy
Altura 1,82 m
Peso 77 kg
Divisão Meios-Médios
Envergadura 185 cm
Modalidade Kickboxing, Jiu-jítsu, muay thai, boxe
Luta por Albuquerque, Novo México
Equipe Jackson's Submission Fighting
Treinador Greg Jackson e Duane Ludwig
Graduação      Faixa Preta em Jiu Jitsu Brasileiro
Período em
atividade
2002–presente
Cartel profissional no boxe
Total 1
Vitórias 0
Derrotas 1
Por nocaute 1
Cartel profissional no kickboxing
Total 29
Vitórias 28
Derrotas 0
Empates 1
Cartel nas artes marciais mistas
Total 46
Vitórias 34
Por nocaute 9
Por finalização 17
Por decisão 8
Derrotas 11
Por nocaute 4
Por finalização 1
Por decisão 6
Sem resultado 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no Boxe pelo BoxRec
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 19 de janeiro de 2019

Donald Anthony Cerrone (Colorado Springs, 29 de março de 1983) é um lutador de artes marciais mistas estadunidense.

Início no MMA[editar | editar código-fonte]

Donald iniciou sua carreira em Commerce City, Colorado em uma pequena academia chamada Freedom Fighters, conquistando lá suas primeiras vitórias no Muay Thai. Cerrone começou a treinar com Jon Jones, Rashad Evans, Nate Marquardt, Keith Jardine, Georges St. Pierre, Leonard Garcia e outros lutadores de MMA na escola de Greg Jackson em Albuquerque, Novo México.

Ele participou na série TapouT da TV americana Versus, antes de sua luta com Anthony Njokuani. Cerrone venceu a luta no primeiro round com um triângulo.

World Extreme Cagefighting[editar | editar código-fonte]

Cerrone assinou um contrato para atuar na WEC. Sua primeira luta promocional foi contra Kenneth Alexander. Tendo ganhado originalmente a luta com uma finalização em 0:54 segundos, o resultado foi modificado quando Cerrone foi pego nos exames toxicológicos que apontaram uma substância proibida nas competições, a Hidroclorotiazida.[1] Ele retornou ao WEC nove meses depois lutando contra Danny Castillo, finalizando aos 1:30 do primeiro round.

No WEC 38 ele lutou contra o campeão do peso leve, Jamie Varner, em busca do cinturão, tendo perdido a luta por questões técnicas. Cerrone foi agendado para uma luta contra Rich Crunkilton em 7 de junho de 2009 no WEC 41, mas Crunkilton foi forçado a se retirar devido a uma lesão nas vésperas.[2] Todavia, outra luta foi marcada com James Krause, que foi derrotado por Cerrone no mesmo WEC 41. Cerrone e Varner concordaram em remarcar sua luta, inicialmente no WEC 43, mas Varner não conseguiu liberação médica para participar. Pelo Cinturão Interino do Peso Leve, Cerrone lutou contra Benson Henderson em 10 de outubro de 2009 no WEC 43 em San Antonio, Texas,[3] perdendo por decisão unânime dos juízes. A luta foi premiada como "Luta do Ano" pelo Sherdog em 2009. Cerrone afirmou que Henderson foi um "inferno de lutador" e reconheceu que ele estava lento na hora, o que o atrapalhou em sua luta.[4] Cerrone derrotou Ed Ratcliff por finalização no terceiro round no WEC 45 em 19 de dezembro de 2009.[5] A luta também premiou Cerrone como Luta da Noite.

Cerrone lutou contra Benson Henderson novamente pelo Cinturão do Peso Leve no WEC 48 em 24 de abril de 2010.[6] Cerrone perdeu por finalização com uma guilhotina ainda no primeiro round.[7]

Cerrone enfrentou Jamie Varner em uma luta marcada para 30 de setembro de 2010 no WEC 51.[8] Ele venceu a luta por decisão unânime após três rounds. Entre os intervalos dos rounds, houve dedos apontados e empurrões entre os lutadores. Numa entrevista dada no final da luta, Cerrone declarou que estaria disposto a realizar uma revanche no Arizona, estado onde Varner nasceu. A luta dos dois foi premiada como "Luta da Noite" no evento.

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2010, o WEC fundiu-se com o UFC. Como parte da fusão, todos os lutadores do WEC foram transferidos para o UFC.

Cerrone enfrentou Paul Kelly em 5 de Fevereiro de 2011 no UFC 126, substituindo Sam Stout, lesionado. Cerrone venceu Kelly por finalização devido a um mata-leão. Por sua bela apresentação, ambos os lutadores ganhou o prêmio de "Luta da Noite".

Cerrone era esperado para enfrentar Mac Danzig em 11 de Junho de 2011 no UFC 131. No entanto, Danzig foi forçado a sair da luta com um ferimento no peito e substituído pelo recém-chegado Vagner Rocha. Cerrone venceu a luta por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26), depois de ter neutralizado a capacidade de seu adversário para chegar perto e o golpear com chutes nas pernas. Durante a entrevista pós-luta, Cerrone se desculpou por seu desempenho, admitindo que ele "lutou para não perder, não para ganhar".

Cerrone era esperado para enfrentar Paul Taylor em 14 de Agosto de 2011 no UFC Live: Hardy vs. Lytle, substituindo o lesionado John Makdessi. Em 7 de julho, foi anunciado que Taylor tinha quebrado o pé e foi forçado a sair da luta e substituído por Charles Oliveira. Ele não perdeu muito tempo na luta, conseguiu um gancho no corpo de Charles, o que fez o brasileiro cair. Ele, então, foi para cima de Charles e o derrotou por nocaute técnico com três minutos do primeiro round, ganhando o prêmio de "Nocaute da Noite".

Cerrone enfrentou Dennis Siver em 29 de Outubro de 2011 no UFC 137, substituindo Sam Stout. Cerrone venceu por finalização no primeiro round, ganhando o prêmio de "Finalização da Noite".

Cerrone perdeu para Nate Diaz no UFC 141 por decisão unânime, em uma performance que lhe rendeu o prêmio de "Luta da Noite". Apesar de Diaz desferir várias chutes em sua perna, Cerrone defendeu vários socos de Diaz, como Diaz desferiu 82% dos ataques, ele jogou a caminho de sua vitória sobre Cerrone.

Cerrone era esperado para enfrentar Yves Edwards em 15 de Maio de 2012 no UFC on Fuel TV: Korean Zombie vs. Poirier. No entanto, Edwards foi forçado a sair da luta com uma lesão e foi substituído por Jeremy Stephens. Cerrone derrotou Stephens por decisão unânime.

Cerrone enfrentou Melvin Guillard em 11 de Agosto de 2012 no UFC 150. Depois de quase ser nocauteado, Cerrone virou a luta e venceu por nocaute no primeiro round após acertar um chute de raspão na cabeça e depois um direto de direita. Sua performance lhe rendeu os prêmios de "Nocaute da Noite" e de "Luta da Noite".

Cerrone enfrentou Anthony Pettis em 26 de Janeiro de 2013 no UFC on Fox: Johnson vs. Dodson. Pettis dominou o primeiro round com seus golpes criativos e inusitados, ainda no primeiro round, Pettis conectou um forte chute na costela de Cerrone e complementou com socos com Cerrone no chão, conseguido um Nocaute Técnico.

Após a derrota para Pettis, Cerrone derrotou por decisão unânime K.J. Noons em 25 de Maio de 2013 no UFC 160.

Cerrone enfrentou Rafael dos Anjos em 28 de Agosto de 2013 no UFC Fight Night: Condit vs. Kampmann II e perdeu por decisão unânime.

Cerrone se recuperou da derrota com uma ótima vitória por finalização sobre Evan Dunham em 17 de Novembro de 2013 no UFC 167.

Cerrone enfrentou o brasileiro Adriano Martins em 25 de Janeiro de 2014 no UFC on Fox: Henderson vs. Thomson e venceu por nocaute no primeiro round.

Após a vitória, Cerrone enfrentou o brasileiro Edson Barboza em 19 de Abril de 2014 no UFC on Fox: Werdum vs. Browne. Ele venceu por finalização com um mata leão no primeiro round.

Cerrone enfrentou Jim Miller em 16 de Julho de 2014 no UFC Fight Night: Cerrone vs. Miller.[9] Ele venceu a luta por nocaute com um chute na cabeça no segundo round.

Cerrone foi brevemente ligado a uma luta contra Khabib Nurmagomedov, no entanto, uma lesão no joelho o tirou do combate. Cerrone então enfrentaria Bobby Green em 27 de Setembro de 2014 no UFC 178. No entanto, o UFC tirou Green da luta e colocou o ex-Campeão Peso Leve do Bellator Eddie Alvarez para enfrentar Cerrone. Ele venceu a luta por decisão unânime.

Cerrone enfrentaria Myles Jury em 18 de Janeiro de 2015 no UFC Fight Night: McGregor vs. Siver. No entanto, o UFC mudou seus planos e moveu a luta para 3 de Janeiro de 2015 no UFC 182. Cerrone venceu a luta por decisão unânime.

Dois dias após sua vitória no UFC 182, Cerrone aceitou uma luta em cima da hora contra Benson Henderson em 18 de Janeiro no UFC Fight Night: McGregor vs. Siver, com apenas 15 dias após sua última luta.[10] Ele venceu por decisão unânime.

A terceira luta de Cerrone no ano seria contra Khabib Nurmagomedov em 23 de Maio de 2015 no UFC 187, pela vaga de desafiante n°1 ao título. No entanto, uma lesão tirou Nurmagomedov da luta, e ele foi substituído por John Makdessi.[11] Cerrone venceu a luta por nocaute técnico no terceiro round, quando seu adversário desistiu da luta.

Ao fim de 2015, Cerrone lutou pelo Cinturão Peso Leve do UFC em uma revanche contra o campeão Rafael dos Anjos em 19 de Dezembro de 2015 no UFC on Fox: dos Anjos vs. Cerrone II. Cerrone saiu derrotado pela segunda vez, dessa vez por nocaute técnico ainda no primeiro round, com pouco mais de um minuto de luta.

Cerrone enfrentaria o compatriota Tim Means no UFC Fight Night: Cerrone vs. Means em 21 de Fevereiro de 2016, no entanto, Means foi flagrado no exame antidoping e deixou o combate. Todavia, o brasileiro Alex Oliveira aceitou realizar o combate com menos de 20 dias, que também teve o nome do evento principal alterado para UFC Fight Night: Cowboy vs. Cowboy. Em sua estréia no peso Meio Médio, Cerrone venceu por finalização no primeiro round. [12] [13]

Cerrone nocauteou Patrick Côté no segundo round na co-luta principal do UFC Fight Night 89, realizado em Ottawa. O nocaute lhe rendeu o prêmio de Performance da Noite.

Cerrone busca emplacar sua terceira vitória consecutiva na categoria dos Meio Médios contra o compatriota Rick Story em 20 de Agosto de 2016 no UFC 202: Diaz vs. McGregor II.

Títulos e Prêmios[editar | editar código-fonte]

MMA[editar | editar código-fonte]

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 36-13 (1) Estados Unidos Justin Gaethje Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Cowboy vs. Gaethje 14/09/2019 1 4:18 Canadá Vancouver
Derrota 36-12 (1) Estados Unidos Tony Ferguson Nocaute Técnico (interrupção médica) UFC 238: Cejudo vs. Moraes 08/06/2019 2 5:00 Estados Unidos Chicago, Illinois Luta da Noite.
Vitória 36-11 (1) Estados Unidos Al Iaquinta Decisão (unânime) UFC Fight Night: Iaquinta vs. Cowboy 04/05/2019 5 5:00 Canadá Ottawa Luta da Noite.
Vitória 35-11 (1) Estados Unidos Alexander Hernandez Nocaute Técnico (chute na cabeça e socos) UFC Fight Night: Cejudo vs. Dillashaw 19/01/2019 2 3:43 Estados Unidos Brooklyn, Nova Iorque Retornou aos Leves; Luta e Performance da Noite; Quebrou o recorde de mais bônus pós-luta recebidos no UFC (16).
Vitória 34-11 (1) Estados Unidos Mike Perry Finalização (chave de braço) UFC Fight Night: Korean Zombie vs. Rodríguez 10/11/2018 1 4:46 Estados Unidos Denver, Colorado Quebrou o recorde de vitórias no UFC (21); Quebrou o recorde de finalizações ou nocautes no UFC (15); Performance da Noite.
Derrota 33-11 (1) Inglaterra Leon Edwards Decisão (unânime) UFC Fight Night: Cowboy vs. Edwards 23/06/2018 5 5:00 Singapura Kallang
Vitória 33-10 (1) Estados Unidos Yancy Medeiros Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Cowboy vs. Medeiros 18/02/2018 1 4:58 Estados Unidos Austin, Texas Igualou o recorde de vitórias no UFC (20); Igualou o recorde de finalizações ou nocautes no UFC (14).
Derrota 32-10 (1) Inglaterra Darren Till Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Cerrone vs. Till 21/10/2017 1 4:20 Polónia Gdańsk
Derrota 32-9 (1) Estados Unidos Robbie Lawler Decisão (unânime) UFC 214: Cormier vs. Jones II 29/07/2017 3 5:00 Estados Unidos Anaheim, California
Derrota 32-8 (1) Estados Unidos Jorge Masvidal Nocaute Técnico (socos) UFC on Fox: Shevchenko vs. Peña 28/01/2017 2 1:00 Estados Unidos Denver, Colorado
Vitória 32-7 (1) Estados Unidos Matt Brown Nocaute (chute na cabeça) UFC 206: Holloway vs. Pettis 10/12/2016 3 0:34 Canadá Toronto, Ontario
Vitória 31-7 (1) Estados Unidos Rick Story Nocaute Técnico (chute na cabeça e socos) UFC 202: Diaz vs. McGregor II 20/08/2016 2 2:02 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Performance da Noite.
Vitória 30-7 (1) Canadá Patrick Côté Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: MacDonald vs. Thompson 18/06/2016 3 2:35 Canadá Ottawa, Ontario Performance da Noite.
Vitória 29-7 (1) Brasil Alex Oliveira Finalização (triângulo) UFC Fight Night: Cowboy vs. Cowboy 21/02/2016 1 2:33 Estados Unidos Pittsburgh, Pennsylvania Estréia no Meio Médio. Performance da Noite
Derrota 28-7 (1) Brasil Rafael dos Anjos Nocaute Técnico (socos) UFC on Fox: dos Anjos vs. Cerrone II 19/12/2015 1 1:06 Estados Unidos Orlando, Florida Pelo Cinturão Peso Leve do UFC.
Vitória 28-6 (1) Canadá John Makdessi Nocaute Técnico (desistência) UFC 187: Johnson vs. Cormier 23/05/2015 2 4:44 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 27-6 (1) Estados Unidos Benson Henderson Decisão (unânime) UFC Fight Night: McGregor vs. Siver 18/01/2015 3 5:00 Estados Unidos Boston, Massachusetts
Vitória 26-6 (1) Estados Unidos Myles Jury Decisão (unânime) UFC 182: Jones vs. Cormier 03/01/2015 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 25-6 (1) Estados Unidos Eddie Alvarez Decisão (unânime) UFC 178: Johnson vs. Cariaso 27/09/2014 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Vitória 24-6 (1) Estados Unidos Jim Miller Nocaute (chute na cabeça) UFC Fight Night: Cerrone vs. Miller 16/07/2014 2 3:31 Estados Unidos Atlantic City, New Jersey Performance da Noite.
Vitória 23-6 (1) Brasil Edson Barboza Finalização (mata leão) UFC on Fox: Werdum vs. Browne 19/04/2014 1 3:15 Estados Unidos Orlando, Florida Performance da Noite.
Vitória 22-6 (1) Brasil Adriano Martins Nocaute (chute na cabeça) UFC on Fox: Henderson vs. Thomson 25/01/2014 1 4:40 Estados Unidos Chicago, Illinois Nocaute da Noite.
Vitória 21-6 (1) Estados Unidos Evan Dunham Finalização (triângulo) UFC 167: St. Pierre vs. Hendricks 17/11/2013 2 3:49 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Finalização da Noite.
Derrota 20-6 (1) Brasil Rafael dos Anjos Decisão (unânime) UFC Fight Night: Condit vs. Kampmann II 28/08/2013 3 5:00 Estados Unidos Indianapolis, Indiana
Vitória 20-5 (1) Estados Unidos K.J. Noons Decisão (unânime) UFC 160: Velasquez vs. SIlva II 26/05/2013 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 19-5 (1) Estados Unidos Anthony Pettis Nocaute Técnico (chute no corpo e socos) UFC on Fox: Johnson vs. Dodson 26/01/2013 1 2:35 Estados Unidos Chicago, Illinois
Vitória 19-4 (1) Estados Unidos Melvin Guillard Nocaute (chute na cabeça e soco) UFC 150: Henderson vs. Edgar II 11/08/2012 1 1:16 Estados Unidos Denver, Colorado Peso Casado (157.5 lbs); Nocaute e Luta da Noite.
Vitória 18-4 (1) Estados Unidos Jeremy Stephens Decisão (unânime) UFC on Fuel TV: Korean Zombie vs. Poirier 15/05/2012 3 5:00 Estados Unidos Fairfax, Virgínia
Derrota 17-4 (1) Estados Unidos Nate Diaz Decisão (unânime) UFC 141: Lesnar vs. Overeem 30/12/2011 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta da Noite.
Vitória 17–3 (1) Alemanha Dennis Siver Finalização (mata leão) UFC 137: Penn vs. Diaz 29/10/2011 1 2:22 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Finalização da Noite.
Vitória 16–3 (1) Brasil Charles Oliveira Nocaute Técnico (socos) UFC Live: Hardy vs. Lytle 14/08/2011 1 3:01 Estados Unidos Milwaukee, Wisconsin Nocaute da Noite.
Vitória 15-3 (1) Brasil Vagner Rocha Decisão (unânime) UFC 131: Dos Santos vs. Carwin 11/06/2011 3 5:00 Canadá Vancouver, British Columbia
Vitória 14-3 (1) Inglaterra Paul Kelly Finalização (mata leão) UFC 126: Silva vs. Belfort 05/02/2011 2 3:48 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta da Noite.
Vitória 13-3 (1) Canadá Chris Horodecki Finalização (triângulo) WEC 53: Henderson vs. Pettis 16/12/2010 2 2:43 Estados Unidos Glendale, Arizona
Vitória 12-3 (1) Estados Unidos Jamie Varner Decisão (unânime) WEC 51: Aldo vs. Gamburyan 30/09/2010 3 5:00 Estados Unidos Broomfield, Colorado Luta da Noite.
Derrota 11-3 (1) Estados Unidos Benson Henderson Finalização (guilhotina) WEC 48: Aldo vs. Faber 24/04/2010 1 1:57 Estados Unidos Sacramento, California Pelo Cinturão Peso Leve do WEC.
Vitória 11-2 (1) Estados Unidos Ed Ratcliff Finalização (mata leão) WEC 45: Cerrone vs. Ratcliff 19/12/2009 3 3:47 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta da Noite.
Derrota 10-2 (1) Estados Unidos Benson Henderson Decisão (unânime) WEC 43: Cerrone vs. Henderson 10/10/2009 5 5:00 Estados Unidos San Antonio, Texas Pelo Cinturão Interino Peso Leve do WEC; Luta da Noite; Eleita a "Luta do Ano" pelo Sherdog.
Vitória 10-1 (1) Estados Unidos James Krause Finalização (mata leão) WEC 41: Brown vs. Faber II 07/06/2009 1 4:38 Estados Unidos Sacramento, California
Derrota 9-1 (1) Estados Unidos Jamie Varner Decisão Técnica (dividida) WEC 38: Varner vs. Cerrone 25/01/2009 5 3:10 Estados Unidos San Diego, California Pelo Cinturão Peso Leve do WEC; Luta da Noite; Varner desferiu uma joelhada ilegal no 5º round.
Vitória 9-0 (1) Estados Unidos Rob McCullough Decisão (unânime) WEC 36: Faber vs. Brown 05/11/2008 3 5:00 Estados Unidos Hollywood, Florida Se tornou o desafiante Nº1 ao Título dos Leves; Luta da Noite
Vitória 8-0 (1) Estados Unidos Danny Castillo Finalização (chave de braço) WEC 34: Faber vs. Pulver 01/06/2008 1 1:30 Estados Unidos Sacramento, California
NC 7-0 (1) Estados Unidos Kenneth Alexander Sem Resultado (resultado mudado) WEC 30: McCullough vs. Crunkilton 05/09/2007 1 0:56 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Originalmente vitória por finalização. Testou positivo para substâncias não permitidas.
Vitória 7-0 Japão Yasunori Kanehara Finalização (triângulo) GCM: Cage Force 3 09/06/2007 2 2:46 Japão Tóquio
Vitória 6-0 Nigéria Anthony Njokuani Finalização (triângulo) ROF 29: Aftershock 28/04/2007 1 4:30 Estados Unidos Broomfield, Colorado
Vitória 5-0 Estados Unidos Ryan Roberts Finalização (chave de braço) ROF 28: Evolution 16/02/2007 1 1:49 Estados Unidos Broomfield, Colorado
Vitória 4-0 Estados Unidos Jesse Brock Finalização (triângulo) ROF 26: Relentless 09/09/2006 1 1:35 Estados Unidos Castle Rock, Colorado
Vitória 3-0 Estados Unidos Craig Tennant Finalização (Chave de Braço) ROF 24: Integrity 17/06/2006 1 1:26 Estados Unidos Castle Rock, Colorado
Vitória 2-0 Estados Unidos Cruz Chacon Finalização (Triângulo) ACF: Genesis 24/02/2006 2 2:25 Estados Unidos Denver, Colorado
Vitória 1-0 Estados Unidos Nate Mohr Finalização (triângulo) ROF 21: Full Blast 11/02/2006 1 1:42 Estados Unidos Castle Rock, Colorado

Referências

  1. Trembow (12 de setembro de 2007). «Cerrone tests positive for diuretic at WEC 30». MMA Weekly. Consultado em 25 de junho de 2008 
  2. «Rich Crunkilton Out vs. Donald "Cowboy" Cerrone, James Krause In». 10 de outubro de 2009. Consultado em 10 de outubro de 2009 
  3. «WEC 43: Cerrone vs. Henderson on October 10 in San Antonio, Texas». MMAFrenzy.com. 2 de janeiro de 2009. Consultado em 29 de agosto de 2009 
  4. «Donald Cerrone on WEC 43 main event: Benson Henderson definitely won that fight». MMAJunkie.com. 10 de outubro de 2009. Consultado em 10 de outubro de 2009. Arquivado do original em 12 de outubro de 2009 
  5. «Lightweight Donald Cerrone says WEC 45 plan for quick start ended at "charge"». MMAJunkie.com. 20 de dezembro de 2009. Consultado em 18 de outubro de 2010. Arquivado do original em 8 de janeiro de 2010 
  6. «WEC 48: Ben Henderson vs. Donald Cerrone II booked for PPV debut on April 24». mmamania.com. Consultado em 3 de fevereiro de 2010 
  7. «WEC 48: Aldo vs. Faber - Live Results and Commentary». BLOODYELBOW.com. 24 de abril de 2010. Consultado em 25 de abril de 2010 
  8. «VARNER VS. CERRONE 2 SIGNED FOR WEC 51». mmaweekly.com. 20 de julho de 2010. Consultado em 18 de outubro de 2010. Arquivado do original em 23 de julho de 2010 
  9. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2014/05/jim-miller-e-donald-cerrone-farao-luta-principal-do-ufc-em-atlantic-city.html
  10. «Donald Cerrone replaces Eddie Alvarez, meets Benson Henderson at UFC Fight Night 59». mmajunkie.com. 5 de Janeiro de 2015 
  11. Marc Raimondi (30 de Abril de 2015). «Fresh off TKO win, John Makdessi gets call to replace Khabib Nurmagomedov against Donald Cerrone». mmafighting.com 
  12. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2016/02/ultimate-planeja-alex-cowboy-como-adversario-de-cerrone-em-pittsburgh.html
  13. http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2016/02/em-duelo-de-cowboys-americano-cerrone-finaliza-alex-oliveira-no-ufc.html

Ligações externas[editar | editar código-fonte]